Treinadores são banidos do futebol americano feminino por agressão sexual

André Merice | 12/01/2023 - 00:36

A Liga Norte-Americana de Futebol Feminino (NWSL) anunciou na última segunda-feira (9) que baniu, eternamente, quatro treinadores acusados de agredir, sexualmente, algumas jogadoras. Após um mês, foi exposto um relatório do inquérito sobre a violência e abuso cometidos por vários anos.

Os crimes praticados foram de manipulação, bullying e retaliação, assim como de passividade culposa por parte de proprietários e dirigentes de clubes. O órgão, presidido por Jessica Berman, referiu uma ordem de ratificações. “Continuar a priorizar a implementação e melhoria de políticas, programas e sistemas que priorizam a saúde e a segurança das jogadoras de futebol e de outras agentes que fazem parte do ecossistema da NWSL”, disse Berman.

E MAIS:

As punições mais severas foram designadas a Paul Riley, Christy Holly, Rory Dames e Richie Burke, todos abolidos para sempre da franquia.

Riley, ex-treinador do Portland Thorns, foi denunciado por duas atletas de coagir a fazer sexo não consensual e de assédio sexual. Holly, que comandava o Racing Louisville, foi dispensada após ser acusada de agressão sexual e de tocar em uma jogadora.

Dames, ex-Chicago Red Stars, é incriminado de agredir, verbalmente, ofender e ameaçar jogadoras. Por fim, Burke, que treinava o Washington Spirit, tinha o costume de reprovar oralmente a etnia das jogadoras.

Burke, ex-treinador do Washington Spirit
Foto destaque: Reprodução / Getty Images

VIU ESSA NOTÍCIA? 👇🏻

› Multa de US$ 1,5 milhão para dois clubes

O Chicago Red Stars e o Portland Thorns serão obrigados a pagar, cada um, multas de US$ 1,5 milhão e US$ 1 milhão. Segundo o sistema judicial, eles negligenciaram os atos cometidos pelos profissionais.

O ex-ajudante técnico do Chicago, Craig Harrington, e o ex-gerente ordinário do Gotham FC, Alyse Lahue, foram derrogados por dois anos de todos os trabalhos conciliados à NWSL.

VEJA TAMBÉM:

Foto destaque: Divulgação / Amanda Loman / Getty Images

Escrito por André Merice
No Quinto Quarto desde janeiro de 2021, André Merice cursa o 7º período de jornalismo na Universidade de Ribeirão Preto. Apesar de ser torcedor do São Paulo Futebol Clube, André se encontrou na área dos esportes americanos e hoje se tornou "torcedor LeBron" e um admirador de Stephen Curry, o "Víbora".