Camisas mais vendidas da NBA: Curry em 2º, Kyrie no top 10 e MVPs fora

Pedro Rubens Santos | 13/04/2023 - 15:30

A NBA divulgou na última quarta-feira (12) a lista das camisas mais vendidas da segunda metade da temporada 2022-23. O ranking tem algumas surpresas.

O sempre polêmico Kyrie Irving apareceu na lista, à frente de nomes de peso como Nikola Jokic e Joel Embiid. A dupla de pivôs, que lidera a corrida pelo prêmio de MVP, não está entre as 10 mais queridas da loja da NBA no período.

VEJA TAMBÉM

+ Os jogadores mais populares da NBA nas redes sociais

++ NBA: artista de rua transforma quadras em arte para salvar casas populares

Os Mavericks são um dos dois times que conseguiram emplacar dois jogadores no top 10. O outro é o Phoenix Suns.

Confira, a seguir, a lista dos 10 atletas da NBA que mais venderam camisas nos últimos meses:

10. Kyrie Irving

Kyrie Irving Dallas Mavericks Foto: Reprodução/Facebook/@dallasmavs
Kyrie Irving, adquirido recentemente pelo Dallas Mavericks. (Foto: Reprodução/Facebook/@dallasmavs)

Kyrie mudou do Brooklyn Nets para o Dallas Mavericks em fevereiro. As lesões e a recusa à vacinação contra a Covid-19 o deixaram fora de diversos jogos ao longo das últimas temporadas, mas seu nome ainda parece ser um dos mais queridos entre os fãs da liga.

9. Damian Lillard

Ron Chenoy-USA TODAY Sports/Sipa USA
Camisa 0, Lillard vendeu muitas camisas mesmo com mau momento dos Blazers. (Foto: Ron Chenoy-USA TODAY Sports/Sipa USA – Photo by Icon Sport)

Destaque do Portland Trail Blazers, Lillard é ídolo da torcida. Ele está na equipe de Oregon desde 2012 e nunca defendeu outra camisa na NBA. Apesar da má fase do time, que terminou a temporada na 13ª posição do Oeste, a torcida segue valorizando o astro que usa o número 0 nas costas.

LEIA MAIS

+ Damian Lillard revela o que pode provocar sua saída dos Blazers

8. Ja Morant

Petre Thomas-USA TODAY Sports/Sipa USA
Uma das novas estrelas da NBA, o empolgante Ja Morant é o oitavo na lista. (Foto: Petre Thomas-USA TODAY Sports/Sipa USA – Photo by Icon Sport)

Ja Morant é, ao lado de Kyrie, a segunda estrela controversa no início dessa lista. A metade final da sua temporada foi marcada pela suspensão de oito jogos recebida após aparecer com uma arma em uma live no Instagram. Ele retornou recentemente às quadras, a tempo de ajudar os Grizzlies na corrida pelo título.

LEIA MAIS

+ ‘Vamos ter que prender Ja Morant’: jornal revela acusações contra astro da NBA

7. Devin Booker

Mark J. Rebilas-USA TODAY Sports/Sipa USA
A camisa 1 de Booker, do Phoenix Suns, foi um sucesso de vendas na loja da NBA. (Foto: Mark J. Rebilas-USA TODAY Sports/Sipa USA – Photo by Icon Sport)

O jovem astro dos Suns teve mais um ano sólido e fez sucesso na loja da NBA. Na reta final da temporada, Booker chegou a ter jogos de mais de 40 pontos, incluindo uma atuação monstruosa de 58 pontos contra o New Orleans Pelicans, em dezembro.

6. Kevin Durant

Kevin Durant Suns NBA. Foto: Reprodução/Twitter/@suns
Kevin Durant, reforço dos Suns para a segunda metade da temporada. (Foto: Reprodução/Twitter/@suns)

Logo à frente de seu parceiro de Suns, Durant é o primeiro nome fora do top 5. Ele também saiu dos Nets no meio da temporada e, agora, é uma das esperanças de Phoenix para buscar o título que escapou em 2021. Durant manteve os bons números de vendas, visto que na primeira parcial de 2022-23, quando ainda estava em Brooklyn, ficou na 5ª posição.

5. Luka Doncic

Luka Doncic Dallas Mavericks Foto: Reprodução/Facebook/@dallasmavs
É difícil encontrar quem não goste de Luka Doncic, principal jogador dos Mavericks. (Foto: Reprodução/Facebook/@dallasmavs)

O carismático astro esloveno, finalista da Conferência Oeste com o Dallas Mavericks no ano passado, seguiu apresentando números absurdos em 2023. Doncic chegou a ter um triplo-duplo surreal de 60 pontos e 21 rebotes, em dezembro, mas os Mavs não conseguiram sequer se classificar para o play-in. Embora o futuro do camisa 77 siga uma incógnita, seu sucesso na liga é visto tanto em quadra como nas lojas oficiais.

LEIA MAIS

+ Luka Doncic gera ‘treta familiar’ entre pai e filho jogador dos Mavs

4. Giannis Antetokounmpo

Giannis Antetokounmpo, do Milwaukee Bucks. Foto: Benny Sieu / SUSA / Icon sport
Giannis Antetokounmpo tem um nome difícil de soletrar, mas sua camisa é uma das mais vendidas de toda a NBA. (Foto: Benny Sieu / SUSA / Icon sport)

O grego é outro show de carisma e um dos favoritos do público. Duas vezes MVP da liga, ele ficou à beira do pódio das camisas mais vendidas. Além de colocar seu longo sobrenome nas costas de muitos uniformes ao redor dos Estados Unidos, Giannis segue um jogador consistente e uma liderança para o time do Milwaukee Bucks, que promete chegar longe na pós-temporada.

LEIA MAIS

+ Giannis revela motivo amargo que quase o fez se aposentar aos 26 anos

3. Jayson Tatum

Tatum. Foto: Sipa USA by Icon Sport
Dono da camisa 0, Tatum carrega a gloriosa história do Boston Celtics no tradicional uniforme verde da franquia. (Foto: Sipa USA by Icon Sport)

A medalha de bronze ficou com uma das grandes novas estrelas da NBA. Principal nome dos Celtics, Tatum carrega o peso de ser a referência de um dos times mais populares de toda a liga, dono de um imenso legado. Se a busca pelo 18º título de Boston — que colocaria a franquia como a maior campeã de todos os tempos — será uma pressão ou uma motivação, só o futuro dirá.

2. Stephen Curry

Curry. Foto: Sipa USA By Icon Sport
Qualquer que seja o modelo de uniforme dos Warriors, a camisa 30 de Stephen Curry é um sucesso mundial. (Foto: Sipa USA By Icon Sport)

Curry foi quem mais vendeu camisas na primeira metade da temporada atual. Na reta final, perdeu o posto, mas seguiu como um dos nomes mais midiáticos do basquete mundial com uma mais do que respeitável segunda colocação nessa lista. Único nome dos Warriors no top 10, o armador é também o principal jogador da equipe, que busca o segundo título seguido.

1. LeBron James

LeBron James. Foto: Icon Sport
Agora com a camisa 6 dos Lakers, LeBron James foi o líder de vendas na loja da NBA na segunda metade da temporada. (Foto: Icon Sport)

Para a surpresa de poucos (ou ninguém), LeBron James liderou as vendas de camisas na loja da NBA nos últimos meses. Os Lakers, com desempenho irregular, só chegaram aos playoffs após baterem o Minnesota Timberwolves no play-in, e LeBron ainda perdeu alguns dos jogos finais do time por conta de uma lesão no pé. Nada disso, porém, foi capaz de frear o fenômeno, amado pelo público, que é King James.