Lutas e MMA UFC

Arman Tsarukyan desafia Charles do Bronx: “Eu estou pronto”

Arman Tsarukyan desafia Charles do Bronx: “Eu estou pronto”

Arman Tsarukyan é um dos nomes mais badalados do Ultimate. O armênio, que competiu no UFC Las Vegas 66 do último sábado (17), foi um dos destaques após bater Damir Ismagulov na decisão unânime dos juízes. Agora, projeta seguir enfrentando grandes nomes da divisão e expressou interesse em medir forças contra o brasileiro Charles do Bronx, além de também citar o nome de Beneil Dariush.

“Meu foco é vencer todo o mundo que o UFC me der, não importa quem seja. Mas eu gostaria que minha luta fosse contra Charles Oliveira (Do Bronx) ou (Beneil) Dariush. Eu mereço ter grandes nomes e eles não têm lutas (marcadas) agora e eu estou pronto”, disse Tsarukyan.

Sobre sua carreira, Arman declarou que pegou informações e dicas com outros atletas que pertencem ao topo do Ultimate. Segundo ele, seu foco precisa ser enfrentar os melhores da categoria (peso-leve) até que receba uma oportunidade para disputar o cinturão.

“Eu falei com vários lutadores e ouvi que as melhores ideias, se você quer pegar os cinco melhores, deve quebrar sequências de atletas e ir vencendo. E um dia o UFC te liga dizendo que você vai lutar pelo título”, acrescentou.

Sendo considerado uma das grandes promessas do MMA, Arman Tsarukyan ocupa a 9ª colocação, podendo subir na próxima atualização do Ultimate. Com a vitória sobre Damir Ismagulov, soma um cartel de 19 triunfos e apenas três negativos na carreira.

+ TJ Dillashaw sobre aposentadoria: “Escrevi uma carta para Hunter”

Ex-campeão do peso-galo do UFC, o americano TJ Dillashaw falou pela primeira vez após a notícia de que se aposentaria do MMA. Escalado para enfrentar Aljamain Sterling no UFC 280, no final de outubro do ano passado, o lutador acabou se lesionando no treino, mas preferiu se manter no evento. Com intensas dores, TJ não resistiu e foi nocauteado no 2º round.

Dillashaw admite que a aposentadoria foi um assunto que tratou com sua esposa mesmo antes de sua última luta, por mais que ainda não fosse uma certeza.

— Fiz uma cirurgia no ombro há quatro semanas e o médico meio que teve uma conversa dura com a gente. Ele estava tipo… “Ei, cara. É hora de tomar uma decisão. Esta é a sua terceira cirurgia no ombro nos últimos três anos”. Isso me fez pensar sobre a vida e sobre o meu filho, sobre ser capaz de ser ativo com ele e jogar golfe com ele — apenas viver a vida fora das lutas, sabe? — disse Dillashaw. (Clique aqui para ver a matéria completa)

E MAIS: 

+ Terá trilogia entre Conor McGrego x Nate Diaz?

+ Drew Dober alcança recorde de finalizações

+ Luta de Tayson Fury x Usyk está por detalhes

+ Conor McGregor chama ex-amigo de idiota

+ Mauricio Shogun confirma aposentadoria para o UFC 283 Rio

Popular

Copyright © 2015-2021 - https://www.quintoquartobr.com/

+18 Jogue com responsabilidade


Copyright QuintoQuartoBR

To Top