NBA: técnico demitido dos Suns é cobiçado por três equipes

Pedro Rubens Santos | 15/05/2023 - 14:30

O mercado de técnicos na NBA promete ser uma das principais histórias da intertemporada que se aproxima. Equipes que já se despediram de seus comandantes estão de olho nas opções disponíveis para preencher o cargo.

A mais recente saída foi a de Monty Williams, cujo adeus ao Phoenix Suns veio após a eliminação do time na semifinal de conferência contra o Denver Nuggets. Ele passou quatro temporadas com a franquia.

Seu nome no mercado logo despertou a atenção de equipes rivais à procura de um treinador. E, segundo Shams Charania, repórter do ‘The Athletic’, três delas já demonstraram interesse em contar com Williams para a próxima temporada: Milwaukee Bucks, Detroit Pistons e Toronto Raptors.

Quem vai contratar Monty Williams?

Com três anos de US$ 21 milhões restantes em seu contrato com os Suns, Williams venceu o prêmio de Técnico do Ano da NBA na temporada 2021-22. Ainda de acordo com informações do ‘The Athletic’, o treinador pretende direcionar o foco para sua família e tirar algum tempo para si.

A franquia de Phoenix deseja um novo comandante que seja criativo na construção de uma filosofia ofensiva para o elenco . Nesse contexto, o melhor técnico da última temporada acabou demitido, abrindo espaço para a chegada de um novo nome.

VEJA TAMBÉM

+ James Harden abre o jogo sobre saída do Philadelphia 76ers

++ Joel Embiid faz fortes críticas aos companheiros de Sixers após eliminação

Livre no mercado, Monty Williams pode, se decidir seguir trabalhando, encontrar um lugar em um time campeão como o Milwaukee Bucks, que conquistou o título em 2021, ou o Toronto Raptors, vencedor de 2019. Outra opção já levantada, no momento, é o Detroit Pistons, dono da pior campanha da liga nesta temporada.

Charania informou, na publicação, que as três equipes vão atrás de informações para tentar contratar o ex-técnico dos Suns.

Os Bucks, eliminados na primeira fase dos playoffs diante do Miami Heat, recentemente demitiram Mike Budenholzer. A decisão foi polêmica, não só pelo fato de o profissional ter sido campeão com o time nos últimos anos, mas também pelo momento — a saída foi anunciada dias após a morte do irmão de Budenholzer, em um acidente automobilístico.

O cargo de técnico dos Raptors está vago desde a dispensa de Nick Nurse, em abril. Nurse, que assumiu a posição em Toronto em 2018 e foi campeão no ano seguinte, deixou a equipe depois de uma campanha ruim que terminou sem a classificação aos playoffs.

Por último, os Pistons, cujo ex-técnico Dwane Casey foi embora na sequência do fim da temporada regular. O time terminou o ano com 17 vitórias e 65 derrotas, pior aproveitamento de toda a liga.

É possível que um nome cobiçado com o de Monty Williams atraia ainda mais interessados com o passar do tempo, mas o imediato desejo de três franquias mostra sua relevância na NBA e a esperança de dias melhores que ela pode representar para elencos depois de uma temporada frustrante.