NBA Playoffs: Nuggets massacram e eliminam Suns e vão à final do Oeste

Pedro Rubens Santos | 12/05/2023 - 01:39

Na madrugada desta sexta-feira (12), conhecemos o primeiro time classificado para as finais de conferência na NBA. O Denver Nuggets teve uma atuação dominante do início ao fim e fechou a série em 4-2 contra o Phoenix Suns.

Foi a primeira vitória de um visitante na série. Donos da casa, os Suns precisavam do resultado positivo no Footprint Center para seguir vivos e forçar o Jogo 7. A torcida de Phoenix, no entanto, assistiu a um rolo compressor devorar Devin Booker, Kevin Durant e companhia.

O desempenho dos times no primeiro tempo foi suficiente para prever o desfecho da noite. Os Nuggets anotaram nada menos do que 81 pontos na metade do tempo e encaminharam tranquilamente a classificação. O placar final foi 125 a 100.

VEJA TAMBÉM

Para os Suns, o confronto foi como um filme repetido. Na temporada passada, contra o Dallas Mavericks, o time foi igualmente dominado no início de um duelo decisivo e acabou eliminado dentro de casa.

Agora, a equipe de Denver aguarda seu adversário, Los Angeles Lakers ou Golden State Warriors, na final do Oeste. O Jogo 6 entre eles acontece nesta sexta, na Crypto.com Arena.

Nuggets x Suns: Jogo 6

A partida já começou com domínio do Denver Nuggets e de Nikola Jokic. O sérvio teve 14 pontos, quatro rebotes e cinco assistências no primeiro quarto, e seu time abriu uma vantagem de 44 a 26 contra um Phoenix Suns que não conseguiu impor qualquer dificuldade, mesmo jogando em casa.

Quem também brilhou foi Kentavious Caldwell-Pope. O ala-armador superou rapidamente sua média na série, que era de 8,6 pontos antes do Jogo 6, e anotou 21 antes do intervalo.

O início de jogo não foi dos melhores para a dupla dos Suns que vinha deixando marcas impressionantes na reta final da temporada regular e nos playoffs. Devin Booker e Kevin Durant, juntos, tiveram 19 pontos e 6/23 nos arremessos de quadra na primeira etapa.

Se não fosse por Cameron Payne, a situação poderia ser ainda pior. O armador foi perfeito nos chutes do perímetro (5/5) e desceu para o intervalo com 19 pontos anotados.

Chris Paul e Deandre Ayton foram desfalques sentidos do lado de Phoenix. Os dois estiveram no ginásio e acompanharam a trágica performance de seus companheiros no duelo decisivo.

A defesa dos Suns não teve qualquer chance e foi presa fácil ao levar 81 pontos na primeira metade do confronto. Quando o segundo quarto chegou ao fim, a vantagem dos visitantes era de 30 pontos

Segundo tempo: Suns não reagem, e Nuggets fecham o baile

Os Nuggets superaram a barreira dos 100 pontos ainda no terceiro quarto. E engana-se quem pensa que os adversários conseguiram reagir depois de um primeiro tempo desastroso. A vantagem se manteve praticamente a mesma para o último período.

Três jogadores passaram dos 20 pontos para Denver. Além de KCP e Jokic, Jamal Murray foi um dos nomes da partida.

O ‘Joker’ alcançou mais um triplo-duplo (32 pontos, 10 rebotes e 11 assistências) e não quis saber de descanso. O sérvio foi para o banco só nos dois minutos finais, depois de alcançar o 10º rebote.

Quem esperava emoção no Footprint Center se decepcionou ao ver o tamanho do domínio do time de Michael Malone fora de casa e uma partida que terminou muito antes do seu fim.

Kevin Durant jogou por 36 minutos e tentou lutar enquanto foi possível. Ele terminou a partida com 23 pontos, e Devin Booker, com 12, em 35 minutos.

Na terceira ida consecutiva aos playoffs, o Phoenix Suns volta a enfrentar uma eliminação dolorida. Em 2020-21, a equipe chegou às Finais da NBA, mas perdeu o título após desperdiçar uma liderança de 2-0 na série para o Milwaukee Bucks. No ano seguinte, caiu diante do Dallas Mavericks no Jogo 7 das semifinais de conferência.

Com a aquisição de Kevin Durant, no meio da temporada, a expectativa era de brigar pelo título, mas, apesar de ótimas atuações da dupla com Devin Booker nos últimos meses, a taça seguiu sendo apenas um sonho.

Para o Denver Nuggets, essa é a quinta ida seguida à pós-temporada. Com a classificação, o time iguala a melhor campanha dos últimos anos — em 2019-20, foi até as finais do Oeste, mas perdeu para o Los Angeles Lakers por 4-1.

Agora, Jokic e companhia têm a chance de superar essa marca e conquistar o título inédito para a franquia.