COLUNAS

Top 10 melhores armadores da história da NBA

Os 10 melhores armadores da história da NBA

Antes de mais nada, os Top 10 melhores armadores da história da NBA, também chamados de point guards, são atualmente os jogadores considerados o cérebro da equipe, aqueles que ditam o ritmo do jogo. Porém, nem sempre foi assim. Isso porque quando o basquete surgiu os armadores tinham uma simples e única função: passar a bola para o pivô, uma vez que os pivôs eram as grandes estrelas do jogo e aqueles que mais pontuavam por estarem próximos da cesta.

Entretanto, com o passar do tempo, a posição de armador foi mudando e hoje é uma posição fundamental para o jogo. Dessa forma, os nomes destacados nesse texto não só são grandes campeões ou tem grandes números, mas também contribuíram para as grandes mudanças que essa posição sofreu.

TOP 10 MELHORES ARMADORES DA HISTÓRIA DA NBA

10. Bob Cousy

  • Times: Boston Celtics (1950-63), Cincinnati Royals (1969-70)
  • Currículo: MVP (1956-57), 13 vezes All-Star, 12 vezes no time ideal da NBA, membro do Hall da Fama
  • Títulos: 6 (1957,1959, 1960, 1961, 1962,1963)
  • Médias da carreira: 18,4 pontos, 5,2 rebotes, 7,5 assistências, 37,5% nos chutes de quadra

Primeiramente, Bob Cousy foi o armador espetacular Boston Celtics super campeão com Bill Russel. Todavia, não é só isso que faz Cousy estar nessa lista. Ao contrário dos armadores de sua época, Cousy trouxe os primeiros toques de plasticidade a posição. Acima de tudo, com sua visão de jogo e habilidade de passe diferenciados é considerado o primeiro armador a revolucionar a posição.

9. Chris Paul

  • Times: New Orleans Hornets (2005-11), Los Angeles Clippers, (2011-2017), Houston Rockets (2017-2019), Oklahoma City Thunder (2019-2020), Phoenix Suns (2020-presente)
  • Currículo: 8 vezes All-Star, 7 vezes no time ideal da NBA, 7 vezes no time ideal defensivo da NBA
  • Títulos: 0
  • Médias da carreira: 18,5 pontos, 4,5 rebotes, 9,5 assistências, 2,2 roubos

Apesar de não possuir nenhum título até hoje, Chris Paul é com certeza um dos grandes nomes da posição. Uma vez que, por onde passa consegue elevar o nível dos times. A primeira vista, isso se deve ao fato de possuir quase 10 assistências de média em sua carreira. Porém, além do número Chris Paul também é conhecido por orientar e aconselhar seus companheiros dentro e fora de quadra.

8. Jason Kidd

  • Times: Dallas Mavericks (1994-96; 2008-12), Phoenix Suns (1996-2001), New Jersey Nets (2001-08), New York Knicks (2012-13)
  • Currículo: 10 vezes All-Star, 6 vezes no time ideal da NBA, 9 vezes no time ideal defensivo
  • Títulos: 1 (2011)
  • Médias da carreira: 12,6 pontos, 6,3 rebotes, 8,7 assistências, 1,9 roubos

Antes de mais nada, Jason Kidd marcou a NBA por sua grande habilidade passadora e defensiva. Apesar de ter levado o New Jersey Nets (atual Brooklyn Nets) às finais da NBA, viveu seu auge ao ser campeão pelo Dallas Mavericks.

7. John Stockton

  • Times: Utah Jazz (1984-2003)
  • Currículo: 10 vezes All-Star, 11 vezes no time ideal da NBA, 5 vezes no time ideal defensivo da NBA, Hall da Fama
  • Títulos: 0
  • Médias da carreira: 13,1 pontos, 10,5 assistências, 2,2 roubos, 38% nos chutes de 3 pontos

Assim como  Chris PaulJohn Stockton nunca foi campeão da NBA. Apesar de ter chegado às finais quando atual com Karl Malone no Utah Jazz. Apesar disso, John Stockton é considerado um dos melhores de sua posição.

Pois não só foi um excelente passador (média de 10,5 assistências em sua carreira). Como também tinha um excelente aproveitamento nas bolas de três. Ainda mais em uma época em que os armadores ainda não eram grandes chutadores de longa distância.

6. Walt Frazier

  • Times: New York Knicks (1967-77), Cleveland Cavaliers (1977-80)
  • Currículo: 7 vezes All-Star, 6 vezes no time ideal da NBA, 6 vezes no time ideal defensivo da NBA, Hall da Fama
  • Títulos: 2 (1970, 1973)
  • Médias da carreira: 18,9 pontos, 5,9 rebotes, 6,1 assistências, 49% nos chutes de quadra

Antes de tudo, Walt Frazier era conhecido como Clyde. Isso porque usava um chapéu parecido com o personagem Clyde do filme Bonnie e Clyde. Todavia, Frazier também ficou conhecido por ser o grande cérebro do Knicks campeão em 1970 e 1973.

Além de comandar o time com muita sabedoria e liderança, também vale destacar seu aproveitamento de arremessos e sua média de pontos. Ainda mais porque na época em que jogou a NBA ainda era dominada pelos grandes pivôs. Ou seja, um armador pontuador e bom chutador era uma completa revolução.

5. Steve Nash

  • Times: Phoenix Suns (1996-98, 2004-12), Dallas Mavericks (1998-2004), Los Angeles Lakers (2012-15)
  • Currículo: Duas vezes MVP (2004-05, 2005-06), 8 vezes All-Star, 7 vezes no time ideal da NBA
  • Títulos: 0
  • Médias da carreira: 14,3 pontos, 3 rebotes, 8,5 assistências, 42% nos chutes de 3 pontos

Enfim chegamos ao top cinco. Apesar de também não possuir nenhum título, Steve Nash é com certeza um dos melhores armadores de todos os tempos. Não só pela sua habilidade, mas também pela forma como impactou o basquete e a NBA.

É provável que Nash tenha aberto as portas para o jogo espaçado, de transição e com chutes de longa distância que vemos hoje. Pois foi assim que ele liderou por nove temporadas seguidas os times de melhor ataque da NBA. Por fim, vale destacar seu aproveitamento nos chutes de longa distância. Algo que revolucionou a forma como eram vistos os armadores até o momento.

4. Isiah Thomas

  • Times: Detroit Pistons (1981-94)
  • Currículo: MVP das Finais, 12 vezes All-Star, 5 vezes no time ideal da NBA, Hall da Fama
  • Títulos: 2 (1989, 1990)
  • Médias da carreira: 19,2 pontos, 3,6 rebotes, 9,3 assistências, 1,9 roubos

Apesar de todo o impacto que Steve Nash trouxe ao basquete, não há como deixar Isiah Thomas atrás nessa lista. Isso porque além de ter sido campeão com o poderoso Detroit Pistons, também foi MVP das finais de 1990. Além das conquistas de títulos, Isiah também ficou conhecido pela sua grande habilidade passadora e por ter sido base fundamental para o Pistons.

Vale lembrar que esse time ficou conhecido como os Bad Boys Pistons, por serem um time quase que impenetrável defensivamente e muito eficaz no ataque comandado por Isiah.

3. Stephen Curry

  • Times: Golden State Warriors (2009-presente)
  • Currículo: MVP (2014-15), duas vezes All-Star, duas vezes no time ideal da NBA
  • Títulos: 1 (2015)
  • Médias da carreira: 24,2 pontos, 4,6 rebotes, 6,5 assistências, 43,3% nos chutes de 3 pontos

Primeiramente é possível dizer que estamos presenciando a grande revolução na posição de armador graças a Stephen Curry. Desde que chegou a NBA, Curry mudou a forma como a liga olha para a posição. Claro que muito do que vemos Curry fazer atualmente Steve Nash iniciou. Porém o armador do Golden State Warriors elevou o nível.

Não só pela sua incrível habilidade em conduzir a bola e dar passes, mas também pelo seu espetacular aproveitamento de três pontos. Não é por acaso, que hoje as equipes brigam por bons armadores chutadores. Isso com certeza se deve ao fato de existir Stephen Curry.

2. Oscar Robertson

  • Times: Cincinnati Royals (1960-70), Milwaukee Bucks (1970-74)
  • Currículo: MVP (1963-64), 12 vezes All-Star, 11 vezes no time ideal da NBA, Hall da Fama
  • Títulos: 1 (1971)
  • Médias da carreira: 25,7 pontos, 7,5 rebotes, 9,5 assistências, 48% nos chutes de quadra

Apesar de sua altura de 1,96m, Oscar Robertson foi um dos armadores mais físicos que a NBA teve até hoje. Isso porque para a época, ele era considerado alto. Porém devido sua excelente habilidade de condução de bola e visão de jogo, Robertson se tornou armador.

Além de ser muito conhecido por seus triplo duplos, Robertson também foi MVP em uma época que os pivôs dominavam a liga. Ademais, também conduziu o Milwaukee Bucks ao título junto com a lenda  Kareem Abdul-Jabbar.

1. Magic Johnson

  • Times: Los Angeles Lakers (1979-91, 1995-96)
  • Currículo: 3 vezes MVP (1986-87, 1988-89, 1989-90), 3 vezes MVP das Finais, 12 vezes All-Star, 10 vezes no time ideal da NBA, Hall da Fama
  • Títulos: 5 (1980, 1982, 1985, 1987, 1988)
  • Médias da carreira: 19,5 pontos, 7,2 rebotes, 11,2 assistências, 53% nos chutes de quadra

Por fim, liderando os melhores armadores da história da NBA, o número 1. Inegavelmente, Magic Johnson foi um jogador que mudou a NBA. Não só por ter sido cinco vezes campeão. Mas também, por ter iniciado o chamado basquete sem posição. Apesar de armador de origem, Magic conseguia jogar como ala e em alguns momentos até como pivô, tamanha sua inteligência e capacidade física.

Além disso, sua rivalidade com Larry Bird fez com que a NBA fosse conhecida mundialmente. Dessa forma não há como negar que não só pelos números, mas também pelo seu impacto Magic Johnson é, até o momento, o melhor armador da história da NBA.

Foto destaque: Reprodução/Streetopia

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Popular

NFL, NBA MMA e MLB. Notícias, relatos e colunas. E uma pitada de humor de tiozão. Contato: contact@quintoquartobr.com
Copyright © 2015-2021 - https://www.quintoquartobr.com/

+18


Jogue com responsabilidade


To Top