Boxe: Lomachenko quer revanche após derrota para Devin Haney

Matheus Costa | 25/05/2023 - 15:30

Vasyl Lomachenko disputou os cinturões da categoria dos leves contra Devin Haney no último sábado (20) em uma das principais lutas do mundo do boxe no ano. Em uma luta superequilibrada, o jovem americano acabou superando o experiente ucraniano por decisão unânime em um um resultado que acabou sendo contestado por muitos especialistas. No entanto, a história da luta não deve acabar por aí.

A equipe de Lomachenko, através do empresário Egis Klimas, enviou um ofício para as quatro entidades do boxe (IBF, WBC, WBA e WBO) para que ele seja oficializado como próximo desafiante dos cinturões de Haney e que uma revanche imediata e mandatória seja confirmada contra o lutador americano. O documento também menciona que seu camp entrará com um apelo para reverter a decisão oficial do confronto.

— Enquanto o Team Loma prepara um apelo da decisão, devido a um resultado altamente controverso da luta, eu peço que a IBF mantenha Lomachenko como seu desafiante número 1 e o reconheça como desafiante mandatório para o cinturão da categoria dos leves. Loma foi negado de sua vitória no ringue no sábado e merece a oportunidade de permanecer na primeira colocação e ter outra chance de realizar seus objetivos assim que possível — diz um trecho do ofício.

LEIA TAMBÉM

UFC: Mackenzie Dern abre o jogo sobre abuso e batalha jurídica após divórcio

++ UFC: Dana White cria suspense sobre nova chance de Do Bronx pelo cinturão

+++ Boxe: Popó perde a cabeça, se envolve em confusão e encaminha rival para luta

Através das redes sociais, Devin Haney reagiu ao pedido do camp de Lomachenko e ironizou a situação de seu adversário. Ele afirmou que seu último desafiante é um ‘mau perdedor privilegiado'. Além disso, ele ainda cobrou de volta o valor de 400 mil dólares (R$ 2 milhões) da multa aplicada após o empurrão no ucraniano durante a pesagem oficial.

— Esse cara é um mau perdedor de m…. Tirem esse mau perdedor privilegiado do boxe. Ele sempre dá suas desculpas. Aceite a derrota como um homem e pare de chorar. Pela terceira vez você teve a chance de vencer os cinturões e você perdeu. E diga a comissão para me devolver os meus 400 mil dólares por conta do empurrão.

Escrito por Matheus Costa
Matheus Costa é jornalista, repórter e redator com passagens por MMA Brasil, LANCE!, O Dia, Yahoo! e outros. Sua carreira no jornalismo iniciou na cobertura do MMA, depois se expandindo para a cobertura do futebol e dos bastidores de televisão esportiva brasileira. Já cobriu in loco eventos de MMA, futebol, basquete e jiu-jítsu.