‘Wembanyama da NHL’: quem é Connor Bedard, fenômeno de 17 anos

Pedro Rubens Santos | 14/06/2023 - 13:30

O draft da NBA está marcado para 22 de junho, mas todos já sabem qual será a primeira escolha. O San Antonio Spurs fatalmente usará sua seleção com o gigante francês Victor Wembanyama, um dos prospectos mais talentosos a entrar na liga nos últimos anos. Na semana seguinte, será a vez dos times da NHL chamarem os jovens jogadores em evento que também promete zero surpresas na primeira posição.

É consenso ao redor da NHL que o Chicago Blackhawks, dono da primeira posição do draft de 27 de junho, selecionará Connor Bedard, de 17 anos, o próximo talento geracional do hóquei.

VEJA TAMBÉM

+ Ryan Reynolds, The Weeknd e Snoop Dogg brigam para comprar time da NHL

+ Jogador da NHL leva 75 pontos no rosto e não abandona a partida

O êxtase do gerente geral da equipe, Kyle Davidson, após seu time ser sorteado com a principal escolha na loteria do draft demonstra a relevância do garoto antes mesmo de entrar na liga.

— Você entende o impacto que uma primeira escolha geral pode ter, e ter essa primeira escolha no ano certo — disse Davidson. — Isso pode mudar uma franquia, uma cidade e uma era na história de um time.

A profecia não é à toa. Bedard é reconhecidamente o jogador de maior destaque e potencial visto nos últimos tempos. Assim como Wembanyama na NBA, o central está em primeiro lugar de todas as listas e previsões para o draft que se aproxima.

Quem é Connor Bedard, fenômeno do hóquei

Connor Bedard tem 17 anos e nasceu em North Vancouver, no Canadá. Ele joga como central e é capitão do Regina Pats, da Western Hockey League (WHL), uma liga júnior de seu país natal.

No último campeonato, o jovem astro anotou 143 pontos (71 gols e 72 assistências) em 57 jogos da temporada regular e complementou a grandiosa performance com mais 20 pontos (10 gols e 10 assistências) em sete jogos dos playoffs.

Sua equipe acabou eliminada na primeira fase da pós-temporada após perder a série para o Saskatoon Blades por 4 a 3. A queda, porém, não atrapalhou a caminhada de Bedard rumo à primeira escolha geral do draft.

— Connor Bedard é o melhor prospecto elegível ao draft que eu já avaliei — cravou Dan Marr, que foi diretor do Central Scouting da NHL por 12 anos, ao NHL.com.

Connor Bedard, NHL. Foto: Reprodução/Twitter/@TheWHL
Connor Bedard promete fazer história na NHL a partir da próxima temporada. (Foto: Reprodução/Twitter/@TheWHL)

Os talentos do jovem canadense saltam aos olhos, e seus principais atributos estão na parte ofensiva do jogo. A finalização de primeira classe, comprovada pela alta média de gols e assistências, aliada à agilidade fazem do central um jogador assustador para as defesas adversárias. Ele também demonstra ótimo desempenho sob pressão, tem ótimas mãos e uma leitura de jogo ímpar.

As qualidades já reconhecidas pelos olheiros foram amplificadas com uma performance incrível no World Juniors 2023, torneio entre países disputado em Halifax, no Canadá, do qual o time da casa se sagrou campeão, em janeiro. Bedard, que faturou sua segunda medalha de ouro na categoria sub-20, foi eleito o MVP do campeonato.

Com 23 pontos (nove gols e 14 assistências), o garoto alcançou a melhor marca de um jogador canadense na história e a mais prolífica de qualquer atleta desde 1993, quando o sueco Peter Forsberg anotou 31.

— Minha vontade de melhorar é algo do qual me orgulho, e eu amo treinar e tentar evoluir — disse Bedard em entrevista à ESPN. — Nos jogos, meus melhores atributos são minha competitividade e meu amor por ser criativo.

Se alguém ainda tinha dúvidas sobre o potencial do jovem de North Vancouver, elas foram encerradas com as atuações de MVP no mundial de janeiro. Hoje, é unânime a opinião de que ele será, de fato, a primeira escolha do draft da NHL, o que fará com que chegue ao nível profissional cercado de expectativas.