NFL: Lamar Jackson recebe nova recusa e futuro preocupa

Pedro Rubens Santos | 29/03/2023 - 15:00

Mesmo após pedir para deixar o Baltimore Ravens, Lamar Jackson segue sem uma perspectiva de onde seguir sua carreira. Nesta quarta-feira (29/03), o quarterback viu mais uma porta se fechar e segue com futuro indefinido para a temporada 2023 da NFL.

O dono do New England Patriots, Robert Kraft, havia informado o recebimento de uma mensagem indicando o desejo de Jackson jogar por sua franquia.

LEIA MAIS

+ Lamar Jackson põe técnico em saia justa e provoca Ravens com tweet calculado

++ Ex-companheiro de time crê em acerto de Aaron Rodgers com os Jets

O contato partiu do rapper Meek Mill, amigo em comum do QB e do empresário bilionário que comanda os Patriots. Mas a vontade do lado do jogador não é a mesma da equipe.

Segundo Jeff Howe, do The Athletic, o time não está interessado em contratar o quarterback. O repórter apurou a informação com uma fonte da NFL e noticiou que os Patriots pretendem utilizar Mac Jones como titular na posição.

Para onde vai Lamar Jackson?

Os Patriots não são a primeira equipe a se retirar da briga por Lamar Jackson. Na verdade, a essa altura, o cenário não parece sequer uma briga.

O QB tem atraído pouco interesse ao redor da liga e suas opções para deixar os Ravens se reduzem mais a cada dia.

Atlanta Falcons, Carolina Panthers, Las Vegas Raiders, Miami Dolphins e Washington Commanders já haviam indicado que não tentariam assinar com Jackson. E, agora, os Patriots também se juntam à lista.

Lamar Jackson Ravens Foto: Reprodução/Twitter/@NFL
Lamar Jackson declarou que pediu uma troca dos Ravens, já que a equipe ‘não quer pagar o valor' desejado por ele. Foto: Reprodução/Twitter/@NFL

A relação do quarterback dos Ravens com sua equipe é conflituosa há algum tempo e passou por uma situação delicada na última segunda-feira, quando o jogador tornou público um pedido de troca e expôs que tem a intenção de mudar de time.

Mesmo após manifestar o desejo de saída, Jackson recebeu a non-exclusive franchise tag, mecanismo que o mantém sob contrato com a franquia por mais um ano e com salário de 32 milhões de dólares.

O valor é considerado baixo pelo MVP unânime da temporada 2019, que, ao que tudo indica, almeja um contrato próximo ao assinado por Deshaun Watson com o Cleveland Browns: 46 milhões de dólares por ano totalmente garantidos.

Outras equipes podem fazer uma oferta para contar com seus serviços, mas os Ravens têm o direito de igualar os números e ficar com ele. Caso não o façam, recebem, em troca, duas escolhas de primeira rodada do draft.

Até aqui, ninguém na liga se mostrou disposto a arcar com esses valores. E, assim, Lamar Jackson segue como jogador dos Ravens, contra a sua vontade.