NBA: Shaquille O’Neal cobra Curry ao vivo por ação judicial

Pedro Rubens Santos | 24/05/2023 - 19:06

Shaquille O’Neal deixou Stephen Curry sem palavras na terça-feira (24) durante participação do astro dos Warriors no programa do qual Shaq é apresentador, o NBA on TNT.

Na hora de se despedir, o ex-pivô fez uma piada interna que fez todos, inclusive Curry, darem risada.

— Obrigado por me colocar em problemas — brincou. — Não diga nada, fique quieto.

Do outro lado da tela, o astro dos Warriors riu e até tentou esboçar uma reação, mas foi cortado pelo alerta de Shaq e apenas fez sinal de silêncio com a mão.

VEJA TAMBÉM

+ Ja Morant recebe visita de policiais após post preocupante

++ Jimmy Butler revela truque inusitado para superar derrota do Heat

Shaq e Curry citados em ação judicial

Ao que tudo indica, a cobrança em tom de brincadeira foi feita por conta de uma história ocorrida há cerca de sete meses, mas que ainda gera dor de cabeça aos astros da NBA.

Tanto Shaq como Curry eram embaixadores da corretora de criptoativos FTX, que colapsou em novembro de 2022 e foi à falência, causando um prejuízo alegado de mais de US$ 11 bilhões a clientes nos Estados Unidos.

+ Caso Scarpa: Tom Brady, Gisele, Curry e Shaq perderam dinheiro com empresa de criptomoedas

Como garotos-propaganda da empresa, os dois recomendavam ao público que fizesse investimentos com a FTX. Por conta disso, eles foram citados em uma ação coletiva junto a outras celebridades, como Tom Brady, que também atuava na promoção da companhia. Segundo a alegação, eles seriam todos responsáveis pelo prejuízo que atingiu centenas de milhares de pessoas.

Na ocasião, o procurador federal do Distrito Sul de Nova York, Damian Williams, chamou o caso de “uma das maiores fraudes financeiras da história dos Estados Unidos”.

Segundo o Pro Football Talk, da NBC Sports, Shaquille O’Neal recebeu os papéis referentes ao processo na noite da última terça-feira, durante o Jogo 4 entre Boston Celtics e Miami Heat pelas finais do Leste. O ex-jogador participava da transmissão do duelo.

Curiosamente, a entrega dos documentos, o que oficializa a citação do astro na ação judicial, foi feita no ginásio que levava o nome da empresa de criptoativos. Em junho de 2021, a corretora assinou um acordo de US$ 135 milhões de dólares para ter os naming rights da arena do Miami Heat, que ficou então conhecida como FTX Arena. O nome já foi destituído desde o pedido de falência, e agora o local se chama Kaseya Center.