NBA: após fiasco no play-in, Warriors temem saída de Klay Thompson

Paola Zanon | 17/04/2024 - 10:24

Após a eliminação para o Sacramento Kings no play-in, na noite de terça-feira (16), jogadores e técnico do Golden State Warriors temem a saída de Klay Thompson.

O ala-armador voltou para o quinteto titular na disputa por uma vaga nos playoffs, mas teve uma atuação irreconhecível e saiu de quadra sem marcar um ponto sequer. Thompson também não contribuiu para nenhum outro aspecto do jogo; foram apenas quatro rebotes e uma assistência em 31 minutos.

Os Warriors perderam por 24 pontos de diferença, em um de seus piores jogos no ano, e deram adeus à temporada 2023-24 da NBA. Mas a maior preocupação no momento é o futuro de Klay, que será um agente livre na offseason.

— Precisamos do Klay de volta, a presença dele significa muito pra gente na quadra, e eu falo por todo mundo no Golden State Warriors que queremos ele de volta. Definitivamente queremos e precisamos dele de volta, e espero que renovem logo seu contrato—, declarou Steve Kerr, durante a entrevista coletiva após a derrota.

A situação de Thompson nos Warriors está indefinida desde o começo da temporada, quando se iniciaram as conversas sobre uma possível renovação. O jogador já aceitou até mesmo uma redução salarial para permanecer em São Francisco, mas ainda não há um acordo com o front office.

Green e Curry pressionam Warriors

O técnico da franquia não foi o único a fazer um apelo pela renovação do contrato de Klay Thompson; Stephen Curry e Draymond Green também foram contundentes em suas falas sobre o tetracampeão.

— Klay teve um ótimo ano, ele conseguiu virar a chave na temporada e impactar no time inúmeras vezes. Ele é um campeão, não é justo resumir 82 jogos numa única derrota. Quero continuar vencendo e sei que posso fazer isso com ele—, afirmou o armador.

A temporada de Thompson, no entanto, não foi tão boa quanto a declaração de Curry. O ala-armador teve uma média de 17,9 pontos por jogo —a menor desde 2012-13—, além de 3,3 rebotes e 2,3 assistências em 30 minutos.

O desempenho de Klay só melhorou quando Steve Kerr resolveu colocá-lo na reserva. Apesar dos protestos iniciais, o jogador aproveitou para “se provar” e mostrou ser um ótimo sexto homem, impactando o time de forma positiva quando saía do banco —essa foi a virada de chave mencionada por Steph.

— Assim como ele, todos nós tivemos grandes altos e baixos horríveis, é parte do trabalho e temos que aceitar, mas não podemos perder a confiança, e confiança é o Klay Thompson. Ele vai voltar mais forte—, concluiu Curry.

Draymond também saiu em defesa do amigo e falou sobre a lealdade que ele, Stephen e Klay sempre tiveram em relação à franquia.

— Eu tenho certeza que o front office e as pessoas que cuidam dos contratos vão tratar ele e o nosso núcleo do mesmo jeito que tratamos a franquia todos esses anos, sempre teve lealdade. Os dois lados têm decisões pra tomar, nosso trabalho não terminou—, disse o defensor.

Klay Thompson não apareceu para a entrevista coletiva após a derrota e eliminação dos Warriors.

Escrito por Paola Zanon
Paola Zanon é jornalista formada pela Cásper Líbero, repórter e redatora com passagens pelo Notícias da TV, R7 e UOL Esporte. A carreira no jornalismo esportivo começou com a cobertura dos Jogos Pan-Americanos de 2019 pelo R7 até chegar ao Quinto Quarto em fevereiro de 2023. São-paulina de coração e apaixonada por basquete, futebol e viagens.