NBA: Kings eliminam Warriors com atropelo em noite pavorosa de Klay Thompson

Matheus Costa | 17/04/2024 - 02:04

O Sacramento Kings não tomou o menor conhecimento do Golden State Warriors na noite desta terça-feira (16) e atropelou os rivais do estado da Califórnia de forma até inesperada. Com uma grande atuação ofensiva, os donos da casa venceram por 118 a 94 e seguem vivos na briga por uma vaga nos playoffs.

A partida, realizada na Golden1 Center, na Califórnia (EUA), sequer foi equilibrada e viu um domínio extenso dos donos da casa do início ao fim. Agora, os Kings irão enfrentar o New Orleans Pelicans na próxima sexta-feira (19), fora de casa, para disputar a última vaga dos playoffs na Conferência Oeste. Por outro lado, os Warriors ficam de fora da pós-temporada pela primeira vez desde a temporada de 2020-21, quando a franquia foi eliminada no segundo jogo do play-in.

Com bastante liberdade em quadra para se movimentar, o ala-pivô Keegan Murray foi o grande destaque da noite e o cestinha da partida ao marcar 32 pontos e nove rebotes com oito cestas de três pontos. Além dele, De’Aaron Fox marcou 24 pontos e seis assistências, enquanto Domantas Sabonis contribuiu com mais um duplo-duplo na temporada de 16 pontos e 12 rebotes, além de sete assistências.

Em noite pavorosa, Klay Thompson afunda os Warriors contra os Kings em possível despedida

O veterano Stephen Curry bem que tentou, mas não conseguiu resolver todos os problemas de uma equipe problemática mais uma vez. O armador foi o cestinha do time com 22 pontos e quatro rebotes em 36 minutos, anotando três arremessos da linha de três pontos. Além dele, Jonathan Kuminga saiu do banco para marcar 16 pontos e sete rebotes, enquanto Moses Moody também saiu do banco de reservas para anotar 16 pontos em apenas 15 minutos.

No entanto, o grande destaque da noite fica para o ala-armador Klay Thompson, que teve uma das piores noites da sua carreira na NBA. O veterano ficou zerado na pontuação em 32 minutos de quadra, com 0 cestas em 10 arremessos e seis tentativas da linha de três pontos. Com contrato válido até o fim desta temporada, esta pode ter sido a despedida do experiente jogador da pior forma possível para a torcida de Golden State.

Escrito por Matheus Costa
Matheus Costa é jornalista, repórter e redator com passagens por MMA Brasil, LANCE!, O Dia, Yahoo! e outros. Sua carreira no jornalismo iniciou na cobertura do MMA, depois se expandindo para a cobertura do futebol e dos bastidores de televisão esportiva brasileira. Já cobriu in loco eventos de MMA, futebol, basquete e jiu-jítsu.