Com gol contra no fim, NY Red Bulls vê liderança da MLS escapar em Orlando

André Merice | 30/03/2024 - 22:58

Valendo a liderança na rodada da Major League Soccer (MLS), o NY Red Bulls acabou empatando com o Orlando City. Após a vitória na partida passada, a franquia de Orlando somou mais um ponto na liga, enquanto os visitantes deixaram escapar a liderança da competição.

O primeiro gol da partida foi marcado por Lewis Morgan, de pênalti, ainda no primeiro tempo. Na reta final, o zagueiro Eile, do NY Red Bulls, tirou para dentro do próprio gol e deixou tudo igual.

Como foi o jogo entre Orlando e NY Red Bulls?

Precisando vencer para escapar as últimas colocações da MLS, o Orlando pouco conseguiu produzir na primeira etapa, diferentemente do NY Red Bulls.

O Orlando, com uma escalação muito semelhante ao que foi na rodada passada contra o Austin FC, em que a franquia conseguiu sua primeira vitória na temporada, viu a arbitragem assinalar uma penalidade para o NY Red Bulls, aos 21 minutos. Lewis Morgan foi o encarregado de marcar.

Na segunda etapa, precisando do resultado, o Orlando City se jogou ao ataque. Martelou, martelou e martelou. O empate veio, nos minutos finais, com o zagueiro Eile, do NY Red Bulls, que, tentou cortar a finalização, mas acabou empurrando para o próprio gol.

Tabela da MLS

Com o ponto somado, o Orlando City chegou a cinco, sendo quatro nas duas últimas rodadas. A equipe passou a ocupar a 13ª posição. Enquanto isso, o NY Red Bulls, que com a vitória estava liderando a MLS, caiu para a terceira posição, com os mesmos 11 pontos do Inter Miami.

Na próxima rodada da MLS, o Orlando City viaja para enfrentar o DC United. O NY Red Bulls, por sua vez, encara o Cincinnati FC, novamente longe de seus domínios.

LEIA MAIS:

+ MLS: clube brasileiro nega interesse em Driussi, do Austin FC

++ Messi fala sobre pendurar as chuteiras: “Sou muito autocrítico”

Escrito por André Merice
No Quinto Quarto desde janeiro de 2021, André Merice cursa o 7º período de jornalismo na Universidade de Ribeirão Preto. Apesar de ser torcedor do São Paulo Futebol Clube, André se encontrou na área dos esportes americanos e hoje se tornou torcedor LeBron James e um admirador de Stephen Curry, o "Víbora".