UFC: Charles do Bronx abre as portas para participar do BBB

Igor Ribeiro | 03/05/2023 - 18:00

Ex-campeão dos pesos-leves (até 70,3 kg) do UFC, Charles do Bronx ajusta os últimos detalhes para voltar ao octógono. Na edição de número 289, em 10 de julho, o brasileiro enfrentará Beneil Dariush em busca de nova chance de disputar o título. Os planos para o futuro, no entanto, não se restringem apenas em apresentações no MMA. 

Em entrevista ao UOL Esporte, Do Bronx abriu as portas para participar do Big Brother Brasil (BBB), reality show da TV Globo. A participação, contudo, teria que acontecer no futuro, já que é inimaginável pensar em ficar três meses isolado e sem competir no esporte.

VEJA TAMBÉM

+ UFC: Adesanya é provocado por Poatan, dá resposta ácida e promete briga

++ UFC: Nick Diaz, irmão de Nate, briga na rua e confirma fase ruim da família

Outro lutador fez cenário parecido. No BBB 23, Cara de Sapato foi um dos participantes e estava bem cotado para conquistar o prêmio, mas acabou expulso por acusação de assédio.  

— Querendo ou não três meses dentro da casa são três meses longe de tudo. Treino, musculação, vídeos. Nesse momento não, mas mais para frente sim.

O foco é outro para Charles do Bronx 

Charles do Bronx é ex-campeão dos leves. Foto: Reprodução/Twitter @ufcbrasil
Charles do Bronx é ex-campeão dos leves. Foto: Reprodução/Twitter @ufcbrasil

Apesar de não descartar participar do BBB, Charles diz viver outro momento. O lutador, que expande seus horizontes e participa de outros programas de entretenimento, mantém seu foco no aumento do legado como um dos maiores nomes brasileiros no MMA.  

— Hoje não (participaria do Big Brother Brasil). Agora, nesse momento, não. Eu quero continuar lutando. Com certeza mais para frente, sim. Acho que estou na fase de continuar lutando, continuar fazendo história e deixando meu legado. 

Charles do Bronx, de 33 anos, foi apenas o segundo lutador a vestir o cinturão peso-leve (até 70,3 kg).

Maior finalizador da história do UFC, o brasileiro bateu nomes como Michael Chandler, Dustin Poirier e Justin Gaethje antes de acabar derrotado por Islam Makhachev.

Seu cartel, atualmente, é de 33 resultados positivos e nove negativos, além de uma luta sem resultado.  Ele ocupa a primeira posição na categoria dos leves, além de ser o oitavo no ranking peso-por-peso.