UFC: Makhachev diz que McGregor foge de luta por que está ‘bebendo e fumando o dia todo’

Igor Ribeiro | 15/03/2023 - 16:46

A volta de Conor McGregor para o embate diante de Michael Chandler ganhou um novo capítulo. Depois de confirmação dos atletas como treinadores da 31ª edição do ‘The Ultimate Fighter’, há quem ainda duvide da situação atual do irlandês. Ele ainda não teve seu nome confirmado nos testes de liberação da USADA (Agência de Antidoping Americana). 

Em entrevista ao Weighing In, Makhachev revela duvidar da motivação de McGregor, já que o irlandês teria um hábito de ‘beber muito e fumar todos os dias’. O russo também alega sequer se lembrar da última apresentação do ‘Notório’ pela organização – que aconteceu em julho de 2021, na trilogia contra Dustin Poirier.  

— Eu não acho que Conor (McGregor) queira lutar, pois ele bebe muito, fuma todos os dias. Você não pode. É interessante pensar, já que todos se esqueceram dele. Eu nem lembro quando foi a última vez que ele lutou. Mas, se eles lutarem, eu penso que isso será nos meio-médios –, disse.

LEIA MAIS: 

+ Francis Ngannou rompe silêncio e responde Dana White e Jon Jones

++ McGregor revela briga com Chandler em gravação do TUF 

+++ Poatan provoca rapper Drake por aposta em revanche contra Adesanya 

https://www.youtube.com/watch?v=QUM3D5VO9PA&feature=youtu.be

Makhachev x McGregor? 

Campeão dos pesos-leves (até 70,3 kg), Islam Makhachev ainda não tem luta marcada, mas projeta um possível embate contra McGregor. O russo analisou a situação, levou em consideração a fama do irlandês e abriu as portas para a luta, desde que o rival vença Michael Chandler em seu retorno.  

— Talvez, se ele bater o Chandler, eles (UFC) tentem puxá-lo para os leves. Eu sei que eles querem dar uma disputa de cinturão pra ele. Não descarto. Muitos lutadores tentam ser estúpidos pelo mesmo mês. Então, seria uma grande luta. Apenas vença, faça dinheiro e seja feliz –, concluiu.  

Islam Makhachev ocupa a liderança no topo dos pesos-leves (até 70,3 kg) desde outubro de 2022, quando finalizou Charles do Bronx no UFC 280. O russo, que é pupilo da lenda Khabib Nurmagomedov, soma um cartel de 24 resultados positivos e um negativo. Ele também passou por guerra diante de Alexander Volkanovski, vencida na decisão unânime dos juízes.  

Conor McGregor não atua desde julho de 2021, ao sofrer fratura em confronto contra Dustin Poirier. O irlandês, no entanto, segue em evidência e é desafiado constantemente por lutadores nos pesos-leves (até 70,3 kg) e meio-médios (até 77 kg).