NHL: como Bruins jogaram recorde ‘no lixo’ e levaram virada humilhante

Pedro Rubens Santos | 03/05/2023 - 07:00

O Boston Bruins bateu o recorde de vitórias da história da NHL nesta temporada, com 65 triunfos em 82 jogos. A marca anterior já durava 27 anos e pertencia ao Detroit Red Wings, que alcançou 62 vitórias em 1995-96.

Com o desempenho histórico, é evidente que a equipe se classificou na primeira posição para os playoffs. O topo da tabela colocou os Bruins para enfrentarem o Florida Panthers, oitavo colocado e último classificado.

Nas casas de aposta, o time de Boston era muito favorito para avançar de fase e seguir forte na briga rumo ao título. E tudo parecia caminhar para um desfecho tranquilo e positivo com o bom início na série.

VEJA TAMBÉM

+ Jogador da NHL leva 75 pontos no rosto e não abandona a partida

++ NBA: Curry fez discurso decisivo antes de performance histórica de 50 pontos

Os Bruins venceram três das primeiras quatro partidas e ficaram a apenas um triunfo da esperada classificação. No entanto, acabaram derrotados nos últimos três duelos e foram eliminados de maneira inacreditável diante dos Panthers.

Derrocada histórica

Os dois confrontos iniciais foram disputados em Boston. Os Bruins venceram o primeiro, por 3×1, mas foram derrotados no segundo pelo placar de 6×3.

A série continuou na Florida, com duas partidas. E os visitantes conseguiram se dar melhor em ambas: venceram o jogo 3 por 4×2 e o jogo 4 por 6×2.

Bastava, então, um triunfo em casa para assegurar a vaga na próxima fase. Diante de 17.850 pessoas no TD Garden, o time da casa não conseguiu o resultado positivo. Vitória dos Panthers por 4×3 na prorrogação.

O jogo 6 acabou com uma nova derrota, fora de casa, por 7×5. E, assim, a série estava empatada a um jogo do final.

A partida decisiva foi novamente em Boston, onde os Bruins, donos da melhor campanha como mandante na NHL, haviam perdido somente quatro de 38 compromissos na temporada regular.

A casa estava cheia mais uma vez, e a torcida esperava uma vitória consagradora. O que se viu, porém, foi um filme repetido: assim como no jogo 5, os Panthers seguraram o empate em 3×3 e venceram com um gol na prorrogação.

De maneira surpreendente, a temporada histórica do Boston Bruins ruiu diante de seu torcedor. A equipe, que havia perdido somente 10,5% de seus jogos em casa, foi mandante em quatro duelos, perdeu três deles e viu o sonho de um ano perfeito ir embora na primeira rodada da pós-temporada.