NFL: primeiro treino dos Jets implode com três brigas no mesmo dia

Pedro Rubens Santos | 23/07/2023 - 14:09

O primeiro treino aberto do New York Jets nesta pré-temporada da NFL foi muito quente e gerou momentos de tensão entre os jogadores. Nada menos do que três brigas foram registradas em campo, enquanto a imprensa e os torcedores assistiam.

Ao menos duas das brigas se tornaram grandes aglomerados de atletas, alguns com os nervos à flor da pele e outros tentando acalmar os ânimos. Capacetes foram arrancados e socos foram dados no meio das confusões. Um dos momentos aconteceu logo após um lançamento de Aaron Rodgers, astro e novo quarterback da franquia.

O repórter Connor Hughes, da rede SNY, informou que a primeira briga aconteceu na linha ofensiva. Segundo ele, o clima estava bem quente e os contatos durante o treino, muito físicos. Algo normal para jogadores que estão buscando se firmar no time e não serem cortados antes da temporada.

Um fator interessante é a presença da equipe de gravação de Hard Knocks, série documental da HBO que tradicionalmente acompanha os treinos iniciais de um time da NFL — em 2023, os escolhidos foram os Jets, que deixaram claro seu descontentamento com a decisão.

LEIA MAIS

+ Aaron Rodgers deixa pista sobre o seu futuro no Jets

+ NFL: rival dos Jets revela o que poucos falam sobre Aaron Rodgers

Se as câmeras ligadas incentivaram a agressividade dos atletas, não é possível dizer. Mas é um início conturbado e agitado para uma das equipes mais interessantes deste ano na liga.

Brigas no treino dos Jets

Uma das três brigas relatadas no primeiro treino aberto do New York Jets foi entre os tight end Jeremy Ruckert e o defensive end Michael Clemons. O defensor teria dado socos no jogador de ataque, e diversos outros atletas correram para separar a confusão.

Ruckert foi escolhido na terceira rodada do Draft de 2022 e, em sua temporada de novato, pouco viu o campo. Ele participou de novo jogos com os Jets, mas recebeu somente um passe, para um ganho de oito jardas.

Curiosamente, Clemons foi selecionado logo depois, na quarta rodada. Ao contrário do tight end, ele foi mais presente nas partidas: atuou em 16 e somou 2,5 sacks, além de 36 tackles e 6 chegadas ao quarterback.

Uma outra briga colocou frente a frente, mais uma vez, um tight end e um defensive end. Do lado ofensivo, Kenny Yeboah; do defensivo, Jermaine Johnson.

Yeboah é pouco conhecido pelo torcedor. Depois de entrar no time como um atleta não-draftado, em 2021, participou de 19 jogos nas últimas duas temporadas, mas somou apenas duas recepções e 36 jardas.

Já Johnson é uma escolha de primeira rodada que esteve em campo para 14 jogos dos Jets em 2022. Embora nunca tenha sido titular, o DE alcançou 2,5 sacks, 29 tackles e 5 chegadas ao QB adversário.