NBA: técnico dos Nuggets defende Jokic e xinga arbitragem

Paola Zanon | 08/05/2023 - 10:00

O técnico do Denver Nuggets, Mike Malone, se revoltou com a falta técnica que a arbitragem marcou para Nikola Jokic pela confusão com Matt Ishbia, dono do Phoenix Suns, durante o Jogo 4 dos playoffs da NBA e até soltou um palavrão ao atender a imprensa.

— Acho uma loucura que Nikola tenha recebido uma falta técnica. Ele vai pegar a bola, e um torcedor está segurando a bola como se quisesse fazer parte do jogo—, reagiu ele, ao ser questionado sobre o assunto durante a entrevista coletiva após o jogo.

— O torcedor era o dono dos Suns—, pontuou um dos repórteres presentes.

— Eu não dou a mínima—, rebateu Malone. A frase dita por ele, em inglês, foi “I don’t give a fuck”, que em tradução livre, significa “foda-se”.

LEIA TAMBÉM:

+ NBA: Harden brilha na prorrogação, e 76ers empatam série em decisão do VAR

++ NBA: Harden emociona ao presentear fã que foi vítima de tiroteio

O pivô dos Nuggets, que anotou nada menos que 51 pontos, deu uma cotovelada no dono da franquia de Phoenix ao tentar pegar de volta a bola que rolou para fora. Mas o gesto foi em proteção, já que quem buscou o primeiro contato físico foi Matt.

— Ele [o juiz] me disse que eu estava dando uma cotovelada no torcedor, mas o torcedor colocou as mãos em mim primeiro. Achei que a liga deveria nos proteger. Talvez eu esteja errado—, provocou ele, ao contar como foi o diálogo com a arbitragem.

Em lances como esse, em que os torcedores se envolvem em brigas com os jogadores, os juízes tendem a expulsar o expectador da arena. Como, nesse caso, o torcedor era o dono da franquia que estava jogando em casa, acabou sobrando para Jokic.

Os Suns venceram os Nuggets por 129 a 124 e empataram em 2 a 2 a série de playoffs válida pelas semifinais da Conferência Oeste. O Jogo 5 está marcado para terça-feira (9).

Escrito por Paola Zanon
Paola Zanon é jornalista formada pela Cásper Líbero, repórter e redatora com passagens pelo Notícias da TV, R7 e UOL Esporte. A carreira no jornalismo esportivo começou com a cobertura dos Jogos Pan-Americanos de 2019 pelo R7 até chegar ao Quinto Quarto em fevereiro de 2023. São-paulina de coração e apaixonada por basquete, futebol e viagens.