Se salvou? Lakers se impressionam com D’Angelo Russell e pausam negociação

Paola Zanon | 29/01/2024 - 11:07

A troca de D'Angelo Russell, do Los Angeles Lakers, por Dejounte Murray, do Atlanta Hawks, já não parece tão certa quanto estava na última semana.

De acordo com a NBC Sports, as atuações do armador nas partidas mais recentes deixaram o front office da franquia em dúvida sobre a saída dele, que já estava quase certa. A média do jogador nos últimos cinco jogos é de 27,6 pontos.

As conversas com os Hawks, então, começaram a se estagnar e, por enquanto, as negociações entre as equipes estão pausadas; a troca dependia de um terceiro time que quisesse receber Russell, já que o time de Atlanta está mais que satisfeito com as atuações de Trae Young, que ocupa a mesma posição do jogador dos Lakers.

Isso não significa, no entanto, que a troca não irá mais acontecer. Caso as conversas voltem a acontecer, a negociação deverá se concretizar em uma data próxima ao fim da trade deadline, em 8 de fevereiro.

Até lá, caso os Lakers não se mexam mais, outras franquias que estão de olho em Dejounte, como Ne York Knicks e Milwaukee Bucks, podem acabar passando a perna no time de Los Angeles.

D'Angelo Russell x Los Angeles Lakers

Em meio aos rumores de uma possível troca, D'Lo foi flagrado chorando após o jogo entre Lakers e Portland Trail Blazers mesmo depois de marcar 34 pontos; ele até deixou de seguir a equipe nas redes sociais.

Para o armador, jogar pelos Lakers tem um peso maior do que a passagem que ele teve pelas outras três franquias desde que chegou à NBA.

Russell é torcedor dos Lakers desde criança e foi draftado pela equipe em 2015, mas não teve um começo muito bom e acabou trocado para o Brooklyn Nets.

Depois de passar também pelo Minnesota Timberwolves e Golden State Warriors, o armador finalmente teve a chance de voltar a jogar pelo seu time do coração, no ano passado, em uma troca envolvendo Russell Westbrook.

O armador foi um dos responsáveis por “salvar” a temporada dos Lakers, ajudando na classificação ao play-in, e na sequência, chegado até as finais de conferência.

No entanto, por causa da inconsistência, sobretudo nos playoffs, acabou tendo a contratação questionada por fãs, mídia e especialistas.

Escrito por Paola Zanon
Paola Zanon é jornalista formada pela Cásper Líbero, repórter e redatora com passagens pelo Notícias da TV, R7 e UOL Esporte. A carreira no jornalismo esportivo começou com a cobertura dos Jogos Pan-Americanos de 2019 pelo R7 até chegar ao Quinto Quarto em fevereiro de 2023. São-paulina de coração e apaixonada por basquete, futebol e viagens.