NBA: Austin Reaves vai sair dos Lakers? Ala-armador diz onde quer jogar

Pedro Rubens Santos | 24/05/2023 - 06:30

Uma das principais questões sobre o futuro do Los Angeles Lakers envolve o destino de Austin Reaves, cujo contrato com a franquia acaba ao fim desta temporada.

Os Lakers foram eliminados na última segunda-feira (22) após nova derrota para o Denver Nuggets na final da Conferência Oeste que concluiu a varrida na série. No momento, não se sabe se Reaves, que se destacou na reta final da temporada regular e ganhou uma vaga entre os titulares de Darvin Ham, voltará a vestir o uniforme amarelo e roxo.

Se depender dele, o retorno a Los Angeles acontecerá.

— Eu quero ficar aqui — disse Reaves, ao repórter Dan Woike do ‘Los Angeles Times’. — Me sinto em casa.

VEJA TAMBÉM

+ Após derrota em jogo de 40 pontos, LeBron James pensa em se aposentar

+ LeBron engole eliminação dos Lakers e tira o chapéu para Jokic

Nesta intertemporada, o ala-armador de 24 anos será um agente livre restrito, o que significa que sua atual equipe tem o direito de igualar qualquer oferta recebida.

O problema é que o dinheiro de Los Angeles pode não ser suficiente. Relatos apontam que cerca de US$ 50 milhões por quatro anos de contrato sejam o máximo que o time pode oferecer por Reaves. E há a expectativa de que propostas superiores cheguem à mesa do jogador não draftado.

Os valores representarão um aumento gigantesco em relação ao contrato atual do jovem, que recebeu US$ 2,5 milhões em seus dois primeiros anos em L.A. Depois de atuações convincentes, seu futuro reserva salários bem maiores.

Austin Reaves terminou a temporada regular com médias de 13 pontos, 3,4 assistências e 52,9% de aproveitamento em arremessos de quadra por partida. A produtividade compôs bem o elenco liderado por LeBron James e Anthony Davis e ajudou a levar os Lakers até a final do Oeste.

Escrito por Pedro Rubens Santos
Pedro Rubens começou a trabalhar na cobertura de futebol americano no site Torcedores.com e teve uma passagem de três anos pela ESPN, onde atuou também na produção digital. Foi repórter do Quinto Quarto até julho de 2023.