Destaque do Manchester United pode comandar time da MLS

André Merice | 19/02/2024 - 12:46

O Minnesota United, da MLS, está próximo de anunciar Eric Ramsay, assistente técnico do Manchester United, como seu novo treinador, conforme informou o jornalista Fabrizio Romano.

Aos 32 anos, Ramsay será o treinador mais jovem desta temporada, com uma considerável diferença de idade em relação ao segundo colocado, Nick Cushing, do New York City, que tem 39 anos. Além disso, Eric se tornará o segundo técnico mais jovem em tempo integral na história da MLS, atrás apenas de Yoann Damet, que assumiu interinamente o FC Cincinnati em 2019, aos 29 anos.

Com uma trajetória ascendente no futebol inglês, Ramsay passou por diferentes categorias no United, iniciando como treinador de desenvolvimento de jogadores durante o comando de Solskjaer.

Antes de chegar ao cargo de assistente nos Red Devils, Ramsay também teve uma breve passagem como assistente técnico da seleção de País de Gales.

Minnesota United demitiu treinador após sete anos de MLS

A decisão de contratar um novo treinador partiu do novo diretor do Minnesote United, Khaled El-Ahmad, após a demissão de Adrian Heath no final da última temporada, marcando o fim do único mandato de um treinador em sete anos de história da franquia na MLS.

Para o novo ano, o elenco do Minnesota United está retornando com qualidade, liderado por jogadores como Emanuel Reynoso, Teemu Pukki e Robin Lod. Além disso, a franquia fez algumas contratações importantes, como o zagueiro Victor Eriksson, o atacante Adebayo-Smith e o meio-campista Caden Clark.

Enquanto Ramsay ainda não foi anunciado, Cameron Knowles, técnico do Minnesota B, ficará responsável por comandar a equipe, que estreia na MLS no próximo sábado (24), contra o Austin FC.

LEIA MAIS:

++ Esquenta MLS: relembre Top 5 momentos de Messi pelo Inter Miami

++ Campeão do mundo com a Argentina pode se juntar a Messi na MLS

Escrito por André Merice
No Quinto Quarto desde janeiro de 2021, André Merice cursa o 7º período de jornalismo na Universidade de Ribeirão Preto. Apesar de ser torcedor do São Paulo Futebol Clube, André se encontrou na área dos esportes americanos e hoje se tornou torcedor LeBron James e um admirador de Stephen Curry, o "Víbora".