Campeão do mundo com a Argentina pode se juntar a Messi na MLS

André Merice | 15/02/2024 - 14:55

Lionel Scaloni é uma figura singular no mundo do futebol. É um técnico jovem, de apenas 45 anos, que teve como única grande experiência simplesmente ser campeão do mundo (Copa do Catar, em 2022). Antes de aceitar o convite para comandar a seleção da Argentina, Scaloni teve uma breve passagem pelo Sevilla, da Espanha, onde trabalhou como auxiliar técnico.

Agora, enquanto se prepara para defender o título da Copa América, que acontece em junho deste ano, Scaloni estaria cogitando a ideia de se juntar a Lionel Messi na Major League Soccer (MLS).

Trabalhar com Messi na MLS?

Scaloni, que comanda a Argentina desde 2018, demonstrou estar aberto à ideia. Em uma recente entrevista ao perfil oficial da MLS, o treinador expressou seu interesse.

— Sim. Por que não? Sim, eu gostaria. Não haveria desvantagens. Sempre que há desafios, sempre gostei. Por que não? — comentou o técnico campeão do mundo com a seleção da Argentina em 2022.

Embora o futuro de Scaloni esteja um pouco distante da MLS, ele tem uma visão positiva da liga norte-americana, especialmente por causa do influxo de estrelas, novos treinadores e talentos locais.

— A chegada de estrangeiros, de treinadores que têm uma visão diferente do futebol, enriqueceu o campeonato — comentou. Scaloni destacou a diversidade de estilos de jogo na liga, desde equipes que adotam uma abordagem europeia até aquelas que mantêm a tradição latina.

Impacto de Messi na MLS

Além disso, Scaloni enfatizou a importância do desenvolvimento da base nos Estados Unidos e o potencial de jovens jogadores em ascensão. Ele observou o impacto positivo de astros como Lionel Messi, que chegou aos Estados Unidos no verão passado e ajudou o clube a conquistar o título da League Cup.

— Onde quer que ele vá, ele causa isso. Acho que ele [Messi] ainda tem o suficiente para continuar jogando, para continuar contribuindo para o crescimento de seu time e de todo o campeonato. E acho que é assim que vai ser. Agora, com os novos companheiros do Inter, acho que formaram uma boa equipe e será uma equipe muito competitiva — afirmou o treinador da Argentina.

Futuro da Argentina está na MLS?

O treinador da Argentina também está atento ao sucesso de jogadores jovens na liga, como Thiago Almada, do Atlanta United, que foi campeão mundial em 2022 e se tornou o primeiro jogador ativo da liga a receber o prêmio. Scaloni vê isso como um sinal do crescimento e de competitividade.

— Como vimos, o caso do Thiago, ele foi convocado para a seleção e já foi campeão mundial. Acho que é uma liga competitiva que vai crescer, então não vejo isso como um impedimento para poder estar na seleção nacional — finalizou Lionel Scaloni.

LEIA TAMBÉM:

+ Esquenta MLS: relembre Top 5 momentos de Messi pelo Inter Miami
++ MLS: Inter Miami enfrenta uma situação delicada antes da temporada de 2024

Escrito por André Merice
No Quinto Quarto desde janeiro de 2021, André Merice cursa o 7º período de jornalismo na Universidade de Ribeirão Preto. Apesar de ser torcedor do São Paulo Futebol Clube, André se encontrou na área dos esportes americanos e hoje se tornou torcedor LeBron James e um admirador de Stephen Curry, o "Víbora".