UFC Vegas 72: todos os resultados do evento deste sábado (29)

Igor Ribeiro | 29/04/2023 - 23:32

Neste sábado (29/04), aconteceu o UFC Vegas 72, nos Estados Unidos. A luta principal marcou o confronto entre dois dos destaques nos pesos-galos (até 61,2 kg), Song Yadong e Ricky Simon.

O Brasil teve uma noite dos sonhos no card. Caio Borralho foi bem para vencer Michal Oleksiejczuk. Rodolfo Vieira finalizou Cody Brundage e Marcos Pezão tirou a invencibilidade de Wando Cortes-Acosta. Mas, para você que não acompanhou o UFC Vegas 72, confira todos os resultados das lutas que fizeram parte do show.

VEJA TAMBÉM

+ Caio Borralho brilha e confirma noite perfeita ao Brasil

++ Song Yadong derrota Ricky Simon em luta brutal

CARD PRINCIPAL

Song Yadong x Ricky Simon

Song Yadong mostrou, mais uma vez, sua qualidade como um dos melhores lutadores da divisão dos pesos-galos (até 61,2 kg).

O chinês esbanjou qualidade pela trocação e venceu a luta principal contra Ricky Simon por nocaute no quinto round.

Caio Borralho x Michal Oleksiejczuk

O destaque ficou para Caio Borralho, que seguiu invicto nos pesos-médios (até 83,9 kg) do UFC ao finalizar Michal Oleksiejczuk com um mata-leão pelo segundo assalto.

Com o resultado, Caio pediu Derek Brunson para sua próxima luta. Ele segue invicto e em busca de uma chance pelo título da organização.

Cody Brundage x Rodolfo Vieira

Foi no sofrimento, mas deu Rodolfo Vieira. Depois de início ruim e sofrimento no primeiro round, o especialista em jiu-jitsu não pagou para ver.

Ele colocou para baixo e finalizou Cody Brundage com um catagatame. O duelo aconteceu pela categoria dos pesos-médios (até 83,9 kg).

Julian Erosa x Fernando Padilla

Fernando Padilla seria o vencedor do prêmio de Zebra da Noite se houvesse um. O mexicano estreou contra o veterano Julian Erosa e, no primeiro round, nocauteou, mostrando sua qualidade.

A luta marcou o primeiro nocaute do card, já no programa principal. Com o resultado, Padilla chega com o pé direito na organização.

Waldo Cortes-Acosta x Marcos Pezão

Marcos Rodrigues de Lima, o Pezão, foi o primeiro brasileiro a aparecer no octógono do UFC Vegas 72.

Com estilo estratégico, o paulista feriu a perna e tirou a invencibilidade de Waldo Cortes-Acosta na carreira. O duelo entre os pesos-pesados (até 120,2 kg) acabou decidido por unanimidade nos pontos.

Trey Waters x Josh Quinlan

Apesar de não ter sido concluído na via rápida, o embate entre Trey Waters e Josh Quinlan foi um dos grandes momentos do UFC Vegas 72. O norte-americano, que realizou o sonho de debutar no Ultimate, trabalhou no contragolpe e feriu seu rival.

Com isso, depois de 15 minutos, ele foi eleito o vencedor na pontuação dos juízes por unanimidade.

CARD PRELIMINAR

Martin Buday x Jake Collier

O início foi bom, mas Martin Buday e Jake Collier não conseguiram manter o mesmo ritmo na trocação. No único duelo de pesos-pesados (até 120,2 kg.) do card preliminar, os dois lutadores trocaram golpes junto à grade durante boa parte do duelo.

Ao final de 15 minutos, Duray saiu vencedor na decisão unânime.

Cody Durden x Charles Johnson

A luta entre os pesos-moscas (até 56,7 kg) Cody Durden e Charles Johnson foi uma das mais movimentadas do evento.

Após grandes transições no solo por ambas as partes, Durden suportou a pressão, impôs seu ritmo e assegurou o resultado positivo por pontos.

https://twitter.com/ufc/status/1652440121742950402

Irina Alekseeva x Stephanie Egger

A estreia dos sonhos em uma organização como o UFC é algo que todos querem, mas só poucos conseguem. E Irina Alekseeva mostrou que, para ela, o desejo se torna realidade.

Após ser quedada por Stephanie Egger, a russa fez valer sua qualidade para sair na perna e finalizar com uma chave no primeiro round, em confronto pelos pesos-galos (até 61,2 kg).

Marcus McGhee x Journey Newson

Marcus McGhee precisava de uma vitória para ter os braços erguidos pela primeira vez no Ultimate. E conseguiu. O norte-americano deu show diante de Journey Newson e saiu com o triunfo por um mata-leão no segundo round.

Depois de aplicar um direto que fez seu adversário cair, McGhee chegou às costas com facilidade e ajustou o mata-leão antes dos três tapas em desistência de Newson. O confronto aconteceu pela categoria dos pesos-penas (até 65,7 kg).

Hailey Cowan x Jamey-Lyn Horth

A luta que abriu o card foi movimentada e animou os fãs de MMA. Estreantes no UFC, Hailey Cowan e Jamey-Lyn Horth mostraram técnicas apuradas no centro do octógono.

A canadense Jamey-Lyn seguiu invicta após garantir vantagem com chutes e socos pela trocação. O duelo, realizado nos pesos-galos (até 61,2 kg) femininos, acabou decidido na decisão unânime dos juízes.