UFC: campeão sugere novo cenário para rivalidade entre Poatan e Adesanya

Igor Ribeiro | 24/05/2023 - 09:00

Atual campeão peso-pena (até 65,7 kg) do UFC, Alexander Volkanovski levantou a possibilidade de uma quinta luta entre Alex Poatan e Israel Adesanya, mas com um novo e empolgante cenário.  

Em entrevista ao The MMA Fan Podcast, Volka propôs uma alternativa que poderia reanimar o contexto da rivalidade, mas a sugestão envolve que Poatan tenha sucesso na busca pelo cinturão dos meio-pesados (até 93 kg).  

VEJA TAMBÉM 

UFC: Khamzat Chimaev sobe tom e desafia ex-campeão dos meio-médios

++  UFC: ex-campeão cita histórico e lança desafio intimidador a Alex Poatan

Segundo o australiano, caso o brasileiro volte a ser campeão, estabeleceria um plano ideal para um novo aguardado combate.  

— Eu acho que isso vai acontecer, mas não imediatamente. Obviamente que três lutas seguidas nem sempre é bom. Se ele (Poatan) subir de categoria, ganhar o título dos meio-pesados e lutar em grande luta pelo cinturão, seria interessante. Se é isso que o UFC pretende fazer, eu não sei. Acho que seria muito inteligente — 

Cenário improvável no UFC? 

A realização do cenário para a quinta luta, no entanto, depende de vários fatores, incluindo o desempenho de Poatan nos meio-pesados. Embora seja incerto se o UFC adote essa estratégia, a sugestão de Volkanovski desperta a curiosidade dos fãs e adiciona dose de especulação ao futuro da rivalidade. 

Os confrontos anteriores entre Alex Poatan e Israel Adesanya foram marcados por intensidade e espetáculo. Boa parte dos fãs quer mais um cenário da rivalidade. O UFC pode criar uma narrativa envolvente em torno da busca do brasileiro pelo cinturão e, eventualmente, pelo confronto com o nigeriano. 

O quinto encontro entre eles seria o terceiro pelo MMA, além de dois no kickboxing. A vantagem está com Poatan, tendo batido Adesanya em três dos quatro combates. Ele, contudo, acabou nocauteado pelo rival na última apresentação.  

Alex tem luta marcada para enfrentar Jan Blachowicz, pelo UFC 291, em 29 de julho. Caso vença, o lutador já se coloca à disposição como desafiante ao título, que pertence a Jamahal Hill. Israel, por sua vez, aguarda por um resultado de luta entre Robert Whittaker e Dricus Du Plessis para conhecer seu próximo adversário.