UFC: Glover Teixeira explica decisão de se aposentar do MMA

Matheus Costa | 14/03/2023 - 21:39

Glover Teixeira chegou ao UFC 283 para disputar o cinturão dos meio-pesados contra Jamahal Hill com a expectativa de se tornar o campeão pela segunda vez na carreira. No entanto, ele deixou o evento derrotado e aposentado do esporte, em uma decisão que surpreendeu muita gente.

Em entrevista ao “MMAJunkie”, Glover Teixeira explicou o motivo de sua decisão de pendurar as luvas. Para ele, não foi a derrota em si, mas a forma como ele foi derrotado pelo atleta americano. A sua performance no octógono, principalmente com fatores físicos, influenciaram na sua decisão de dar adeus ao esporte aos 43 anos.

— Eu tomei a decisão logo depois da luta. Eu fiquei decepcionado com muitas coisas. Eu não queria voltar a estaca zero. Na minha última luta (contra o Jiri Prochazka) eu estava vencendo, mas acabei perdendo. Na luta contra o Jamahal, eu tive boas posições contra ele mas não consegui finalizar. Foi estranho, não sei. Eu pensei que a posição que eu peguei contra ele no chão no quinto round era o suficiente para acabar com a luta, mas ele estava escapando.

Eu me senti lento. No chão, minha mente trabalha muito rápido, eu já sei o que o cara vai fazer antes dele fazer. Sempre estou um passo a frente. Nessa luta, eu estava desligado. Depois da luta, com o meu rosto todo machucado, eu pensei: “eu não quero mais fazer isso. Eu acho que chegou a hora. Chegou a hora de pendurar as luvas” -, afirmou Glover.

LEIA MAIS:

+ UFC: Francis Ngannou rompe silêncio e responde Dana White e Jon Jones
++ UFC 286: Edwards aponta chave para vitória em trilogia contra Usman
+++ UFC: Francis Ngannou rompe silêncio e responde Dana White e Jon Jones

Foram 20 anos de carreira, diversas vitórias contra nomes respeitados e conhecidos no esporte e uma trajetória histórica para o MMA mundial e brasileiro. Glover, então, percebeu que só gostaria de lutar se fosse pelo cinturão no estágio de sua carreira. Para que não se tornasse algo somente pelas cifras, o atleta decidiu dar adeus ao esporte.

— Eu não quero lutar mais se não for pelo cinturão, se não for para ser o melhor do mundo. Eu sou sempre o cara que pensa que você deve viver com um propósito na sua vida. Dinheiro é ótimo quando você tem um propósito. Quando você sabe o que você está fazendo e quando você quer fazer por algo que não seja o dinheiro… Dinheiro é ótimo porque você trabalha para ganhar dinheiro, mas não queria continuar lutando só pelo dinheiro. Então eu disse: ‘Chegou a hora'. Pelo menos no UFC.

Glover Teixeira no Boxe? Pode acontecer, mas…

O fim de sua carreira no UFC significa que Glover Teixeira nunca mais vai lutar profissionalmente? Não exatamente. O lutador, que segue sua rotina de treinos na academia mesmo após a aposentadoria, ressaltou a possibilidade de lutar no boxe contra alguém da sua idade.

— Se eu for fazer isso pelo dinheiro, eu vou fazer algo fácil. Eu vou lutar boxe contra alguém da minha idade ou algo assim. Isso seria muito diferente do que lutar contra caras novos no UFC pelo cinturão dos meio-pesados.

 

Escrito por Matheus Costa
Matheus Costa é jornalista, repórter e redator com passagens por MMA Brasil, LANCE!, O Dia, Yahoo! e outros. Sua carreira no jornalismo iniciou na cobertura do MMA, depois se expandindo para a cobertura do futebol e dos bastidores de televisão esportiva brasileira. Já cobriu in loco eventos de MMA, futebol, basquete e jiu-jítsu.