UFC: Kron Gracie rompe silêncio e se justifica após atuação ruim

Igor Ribeiro | 15/05/2023 - 17:30

Kron Gracie rompeu o silêncio sobre derrota no UFC 288, evento realizado no início de maio. Nove dias depois de ser superado por Charles Jourdain, o brasileiro, que representa a lendária família Gracie no MMA, alegou ter ouvido um conselho ruim às vésperas do evento. 

Em publicação nos stories do Instagram, Gracie afirma ter ouvido um conselho para buscar a luta de chão, apenas para tentar agradar a comunidade do jiu-jítsu. Ele, contudo, revela entender as críticas. A publicação foi apagada em seguida. 

VEJA TAMBÉM 

+ Volkanovski ignora Yair e volta a pedir revanche contra Makhachev

++ Astro perde a cabeça e expõe suposta traição de esposa com melhor amigo

De acordo com dados do UFC, em três rounds, o lutador desferiu apenas 32 golpes em toda a luta — sendo alvo fácil de Jourdain até a decisão unânime dos juízes. Ele foi criticado por, insistentemente, tentar puxar seu rival para a guarda pelo jogo de solo.  

— Em toda minha vida de luta, sempre foi um desafio até a morte. Entendo a situação e estou disposto a aceitar, mesmo dizendo que não dei socos por um conselho ruim. Tentei agradar a comunidade do jiu-jitsu dois dias antes da minha luta. Na primeira luta da minha vida, não dei um soco. Voltando aos velhos hábitos —

Kron Gracie criticado por Dana White 

Não foram apenas os fãs que desaprovaram a apresentação do filho de Rickson. Presidente do UFC, Dana White indicou que o brasileiro decepcionou por apresentar um estilo antigo, como se viesse de 1995, além de acusá-lo de ter uma limitação no jogo. 

Aos 34 anos, Kron Gracie soma um cartel de cinco triunfos e dois reveses. Ele não vence desde fevereiro de 2019 e sofreu sua segunda derrota seguida na carreira.