MMA: Thiago Marreta, ex-UFC, e outro brasileiro caem no doping

Igor Ribeiro | 09/05/2023 - 12:00

Quatro lutadores, que competiram nos playoffs da PFL, em abril deste ano, testaram positivo no exame antidoping.  De acordo com o MMA Fighting, o ex-lutador do UFC, Thiago Marreta, falhou na amostragem de estreia em derrota contra Rob Wilkinson.

Além dele, o compatriota Bruno Cappelozza também testou positivo para o confronto contra Matheus Buffa. As substâncias envolvidas, contudo, não foram divulgadas pela empresa.  

VEJA TAMBÉM 

+ UFC: Chimaev rompe silêncio, rebate Dana White e desafia lutadores

++ UFC: Dana White abre o jogo sobre trilogia entre Poatan e Adesanya

Além dos brasileiros, no mesmo evento, Krzysztof Jotko e Rizvan Kuniev são outros lutadores que também devem ser suspensos pelo mesmo motivo. A duração ainda não está definida pela empresa, tampouco se os atletas devem seguir no torneio dos meio-pesados (até 93 kg) e pesos-pesados (até 120,2 kg).  

Thiago Marreta na PFL 

Marreta, inclusive, já tem luta marcada. Em card de 8 de junho, o brasileiro ficaria frente a frente contra Mohammad Fakhreddine em sua segunda apresentação pelas luvas da empresa.  

Ex-desafiante ao cinturão do UFC, o carioca esteve na organização por quase dez anos — de 2013 a 2022 — e nunca havia tido problemas nos testes de antidoping. Em sua carreira, o lutador ostenta um retrospecto de 22 resultados positivos e dez negativos. No entanto, ele não vence desde outubro de 2021 e, desde então, são três reveses em série.