Khabib: razão por trás de recusa em retorno ao UFC é divulgada

Igor Ribeiro | 03/07/2023 - 18:00

Khabib Nurmagomedov, reconhecido como um dos maiores nomes da história dos pesos-leves (até 70,3 kg), cogitou um possível retorno ao UFC e chegou a abrir a possibilidade durante a revanche entre Dustin Poirier e Conor McGregor. Uma condição era necessária para que o russo voltasse: a motivação.  

No entanto, o que Khabib testemunhou durante as lutas não correspondeu às suas expectativas. Ele não ficou satisfeito com o desempenho de McGregor, que acabou sendo nocauteado. Por sua vez, Poirier não representava uma vontade suficiente para o russo. O duelo aconteceu no UFC 257, em janeiro de 2021.  

VEJA TAMBÉM

Ronda Rousey de volta ao UFC? Ex-campeã é aguardada no MMA

++UFC: Glover Teixeira revela segredo por mudança drástica de Alex Poatan

A informação foi divulgada por Javier Mendes, treinador de Khabib na American Top Team, em entrevista ao Grosvenor Sport. Segundo ele, o UFC tentou convencer Khabib a retornar durante aproximadamente oito meses, e ele chegou a considerar a possibilidade. Durante a estadia em Abu Dhabi, o lutador expressou sua condição: “Se alguém me mostrar algo espetacular, então talvez eu volte”.  

No entanto, a luta entre Conor McGregor e Dustin Poirier não proporcionou a animação esperada por Khabib. Nada conseguiu entusiasmá-lo o suficiente, e assim, a decisão final foi não retornar ao octógono. Nem mesmo o reinado de Charles do Bronx chegou a ser suficiente.  

Khabib Nurmagomedov no MMA 

Khabib Nurmagomedov encerrou sua carreira no MMA com um histórico impressionante de 29 vitórias e nenhuma derrota. Sua última luta ocorreu em outubro de 2020, quando ele finalizou Justin Gaethje e defendeu com sucesso seu título dos pesos-leves do UFC.  

Hoje, aos 34 anos, a Águia, como é conhecido, se dedica em treinamentos de lutadores, bem como a jornada de sucesso como empresário e dono do Eagle FC. Ele já descartou a possibilidade de retornar e aposta todas as fichas em longo reinado de seu pupilo, Islam Makhachev, que detém o cinturão peso-leve (até 70,3 kg).