COLUNAS

Georges St-Pierre – Notícias, estatísticas e salário

Georges St-Pierre - Notícias, estatísticas e salário

Em primeiro lugar, Georges St-Pierre é um ex-lutador canadense de MMA que é amplamente considerado como um dos maiores lutadores da história das artes marciais mistas (MMA). De antemão, St-Pierre foi campeão de duas divisões no Ultimate Fighting Championship (UFC), tendo conquistado títulos nas divisões dos meio-médios e médios.

Primeiramente, St-Pierre foi classificado o melhor meio-médio do mundo por vários anos pelo Sherdog e várias outras instituições especializadas. Decerto, em 2008, 2009 e 2010, foi nomeado o atleta canadense do ano pela Rogers Sportsnet. Em contrapartida, a Fight Matrix o lista como o melhor peso meio-médio do MMA de todos os tempos e o lutador mais talentoso da história do MMA.

Por certo, com um impressionante cartel de 26-2, se aposentou como campeão dos meio-médios em dezembro de 2013, tendo detido o recorde de mais vitórias em lutas pelo título e a segunda maior sequência de títulos combinados na história do UFC (2.204 dias) enquanto defendia seu título nove vezes consecutivas.

Contudo, voltou ao octógono em novembro de 2017, no UFC 217, quando derrotou Michael Bisping por finalização para ganhar o título dos médios, tornando-se assim o quarto lutador na história do UFC a ser campeão multi-divisões. Em suma, se aposentou novamente sem nunca tentar defender seu novo cinturão.

Por fim, durante a vitoriosa carreira no MMA, em especial no UFC, lutou contra grandes lendas, como: Matt Hughes, sua primeira derrota na carreira, mas a qual limpou em 2006. Bem como BJ PennMatt Serra (sua segunda derrota), também limpa posteriormente.

Estatísticas de Georges St-Pierre no MMA

Registro de artes marciais mistas

Total de lutas: 28

  • Vitórias: 26
    • Nocautes: 8
    • Finalizações: 6
    • Por decisão: 12
  • Derrotas: 2
    • Nocautes: 1
      Finalizações: 1

Títulos e outras conquistas

Kyokushin kaikan

  • Campeão Aberto Júnior de Kumite de 1992 para todos os canadenses
  • 1993 Campeão Aberto Júnior de Kumite em todos os canadenses
  • 1994 – All Canadian Open Junior Kumite Finalist
  • 1995 todos campeões canadenses de juniores de kumite
  • Campeão Aberto de Kumite Júnior de 1996 para todos os canadenses

Artes marciais mistas

  • Ultimate Fighting Championship (UFC)
    • UFC Hall of Fame (Modern-Era Wing, Class of 2020)
    • Campeonato dos médios do UFC (uma vez)
    • Campeonato Peso Meio-Médio do UFC (duas vezes)
      • Nove defesas de título
    • Campeonato Interino de Peso Meio-médio do UFC (uma vez, primeiro)
    • Luta da Noite (quatro vezes) contra Jon Fitch, Josh Koscheck, Carlos Condit, Johny Hendricks
    • Nocaute da noite (uma vez) vs. Matt Hughes
    • Finalização da noite (uma vez) vs. Matt Hughes
    • Performance da noite (uma vez) vs. Michael Bisping
    • A maioria das lutas pelo título meio-médio do UFC (14)
    • Maior número de vitórias na categoria meio-médio do UFC (19)
    • Maior número de vitórias em lutas pelo título meio-médio do UFC (12)
    • O segundo maior número de vitórias em lutas pelo título do UFC (13)
    • Terceira defesa de título mais consecutiva na história do UFC (9)
    • Quarto Campeão Multi-Divisional da História do UFC
    • Maior número de vitórias por decisão na história do UFC (12)
    • Mais quedas na história do UFC (90)
    • Defesas de título de maior sucesso na divisão de meio-médio do UFC (9)
    • Mais defesas de título consecutivas na divisão meio-médio do UFC (9)

Black Belt Magazine

  • Lutador do ano (2008)

Sherdog

  • Hall da Fama de Artes Marciais Misturadas
  • 2017 Comeback Fighter of the Year vs. Michael Bisping [118]

MMAjunkie.com

  • Lutador do Ano de 2009
  • Lutador de retorno do ano em 2017

Fight Matrix

  • Lutador do ano (2009 e 2010)
  • Retorno do ano de 2012 vs. Carlos Condit em 17 de novembro de 2012
  • Partida mais notável do ano de 2006 contra Matt Hughes em 16 de novembro de 2006
  • Partida mais notável do ano de 2007 vs. Matt Serra em 7 de abril de 2007
  • Jogo mais notável do ano de 2009 vs. BJ Penn em 31 de janeiro de 2009

Rogers Sportsnet

  • Atleta Canadense do Ano de 2008, 2009 e 2010 pela Rogers Sportsnet

Prêmio Spike Guys ‘Choice

  • O Homem Mais Perigoso do Ano de 2010

Sports Illustrated (SI.com)

  • Lutador do Ano de 2009

Prêmios do Newsletter do Wrestling Observer

  • Melhor sorteio de bilheteria 2013
  • Lutador mais notável de 2008 e 2009
  • 2010 Most Outstanding Fighter
  • MMA Most Valuable Fighter 2011
  • 2013 MMA Most Valuable Fighter
  • Lutador mais valioso do MMA 2017

World MMA Awards

  • Lutador do Ano de 2009

Salário de Georges St-Pierre no MMA

De acordo com o site The Sports DailyGeorges St-Pierre acumulo, durante a carreira de lutador, um valor de US$ 7 milhões (R$ 39.4 milhões). Mas, segundo o portal MMA Fighting, em entrevista, GSP contou que ganhou, em bolsa, pay-per-views e patrocínios, apenas na luta contra Bisping, um total de US$ 10 milhões (R$ 56.3 milhões). Assim, o site Players Bio aponta que o patrimônio líquido de Georges é de US$ 30 milhões (R$ 169 milhões)

Últimas notícias

Em suma, St-Pierre anunciou sua aposentadoria oficial em 21 de fevereiro de 2019, em uma coletiva de imprensa no Bell Centre, em Montreal. Assim, em 9 de maio de 2020, o UFC anunciou que St-Pierre seria introduzido na ala moderna do Hall da Fama do UFC. A saber, fundou uma instituição de caridade, a Fundação GSP, que visa reduzir o bullying e incentivar a participação dos jovens nos esportes.

Todavia, em entrevista à BT Sport, GSP elegeu a revanche diante de Matt Serra, no UFC 83, como a luta que mais gosta em sua carreira. De fato, o confronto aconteceu em dezembro de 2007 e o canadense reencontraria seu último algoz, que lhe tomou o cinturão da divisão naquele mesmo ano.

Dessa forma, St-Pierre destacou a importância que aquele embate teve na história do MMA e, principalmente para ele, pois lutou em frente à sua torcida. Por fim, em maio de 2021, mostrou uma transformação corporal ao cortar alimentos processados. Decerto, o canadense chegou a negociar uma luta de boxe contra o ex-campeão Oscar De La Hoya, mas o presidente do UFC, Dana White, que ainda tem St-Pierre sob contrato, ‘melou' o combate.

Foto destaque: Divulgação / Quinto Quarto

Popular

Copyright © 2015-2021 - https://www.quintoquartobr.com/

+18 Jogue com responsabilidade


Copyright QuintoQuartoBR

To Top