Anderson Silva será introduzido ao Hall da Fama do UFC

Matheus Costa | 18/03/2023 - 18:59

Um dos maiores lutadores da história do MMA entra oficialmente para um grupo seleto de lendas no UFC. O brasileiro Anderson Silva foi escolhido pela organização para ser introduzido ao Hall da Fama na classe de 2023 na categoria de pioneiros do esporte. A novidade foi anunciada pelo Ultimate durante a transmissão do UFC 286, neste sábado (18).

LEIA MAIS:

+ UFC 286: Leon Edwards vs. Kamaru Usman 3 – Resultados
+ UFC 286: conheça ‘Homem Milagre’, lutador que sobreviveu a tiros e encara brasileiro
+ UFC 286 tem duelo pelo cinturão e quatro brasileiros em ação

A novidade foi revelada através de um vídeo emocionante que mostrou os principais momentos da trajetória de Anderson Silva no octógono mais famoso do mundo. Com depoimento de diversos lutadores e personalidades do esporte, a carreira do ex-campeão dos médios foi exaltada por figuras famosas. Diversos lutadores de renome, como o atual campeão dos médios Alex Pereira e o ex-campeão Israel Adesanya reverenciaram o legado do “Spider” no MMA.

Além de Anderson Silva, outro brasileiro também será introduzido ao Hall da Fama do UFC na classe de 2023. O ex-campeão dos penas do WEC e do Ultimate José Aldo foi anunciado como membro da classe em janeiro, integrando a categoria de lendas da era moderna do esporte. A cerimônia do Hall da Fama da organização será realizada em junho, durante a 11° Semana Internacional da Luta em Las Vegas, Nevada.

A TRAJETÓRIA DO LENDÁRIO ANDERSON SILVA

Depois de passar por eventos importantes e de renome ao longo dos anos, como o PRIDE e Cage Rage, o brasileiro assinou com o UFC e fez sua estreia em 2006. O sucesso foi instantâneo. Com seu Muay Thai agressivo e seu estilo fluído no cage, com muitas esquivas, movimentações e fintas, Anderson Silva rapidamente ganhou o coração do mundo do MMA.

O principal responsável pela popularização do esporte no Brasil após os anos de Vale Tudo, Anderson Silva ostentou um dominante reinado na categoria dos médios que durou seis anos de vitórias inesquecíveis. O fenômeno “Spider” não só ajudou a estourar o MMA no país, mas também pelo mundo e influenciou uma imensa geração futura de lutadores a entrarem para o esporte.

Ao longo de sua carreira no UFC, o “Spider” derrotou diversos nomes importantes no esporte. Seu currículo inclui triunfos sobre Rich Franklin (2x), Dan Henderson, Forrest Griffin, Demian Maia, Chael Sonnen (2x) e Vitor Belfort. Aos 47 anos, Anderson Silva somou um cartel de 34 vitórias, 11 derrotas e uma luta sem resultado.

Escrito por Matheus Costa
Matheus Costa é jornalista, repórter e redator com passagens por MMA Brasil, LANCE!, O Dia, Yahoo! e outros. Sua carreira no jornalismo iniciou na cobertura do MMA, depois se expandindo para a cobertura do futebol e dos bastidores de televisão esportiva brasileira. Já cobriu in loco eventos de MMA, futebol, basquete e jiu-jítsu.