NBA: Jokic brilha e Nuggets vencem 76ers no duelo acirrado de favoritos

André Avelar | 28/03/2023 - 00:45

Dois classificados aos Playoffs da NBA, Philadelphia 76ers e Denver Nuggets tinham tudo para fazer um jogo morno na noite da última segunda-feira (27). Não foi bem assim e o resultado foi definido só no último minuto. Com outro triplo-duplo de Nikola Jokic, os Nuggets venceram em casa, por 116 a 111, na Ball Arena, no Colorado, nos Estados Unidos. Joel Embiid e James Harden não atuaram.

O resultado significou a 51ª vitória do líder da Conferência Oeste, que também soma 24 derrotas na tabela de classificação da NBA; contra 49 resultados positivos e 26 negativos do terceiro colocado do lado Leste, na reta final da temporada regular do melhor basquete do mundo.

De novo na estrada, os 76ers agora migram para Dallas, no Texas, para enfrentar os Mavericks, na quarta; no dia seguinte, os Nuggets medirão forças com o New Orleans Pelicans, outra vez diante de sua torcida.

LEIA MAIS:

+ Técnico sofreu com mortes de 7 familiares, mas preferiu não abandonar time

++ Embiid vive melhor momento na NBA e entrega segredo: ‘Serei o cara mau’

+++ Falha bizarra de Draymond Green prejudica Warriors contra Wolves

76ers sem Embiid e Harden

Os dois principais jogadores da franquia, Joel Embiid e James Harden, não puderam atuar. O pivô camaronês era esperado para um duelo contra o sérvio Nikola Jokic, mas ficou de fora por conta de antigas dores na panturrilha. O armador ainda sofre com um problema no tendão de Aquiles. 

A ausência de Embiid, inclusive, foi bastante sentida principalmente por frustrar as expectativas de quem esperava um confronto direto entre os dois maiores candidatos a MVP na atual temporada.

O fato não passou despercebido pela torcida em Denver, que levou para a arena cartazes anunciando o “desaparecimento” do camaronês.

A equipe de Doc Rivers não esconde que está preocupada com a saúde dos seus principais astros rumo aos playoffs. Ainda assim, pôde ver um certo alento com um time que suportou boas investidas ofensivas em pelo menos dois quartos de partida (61 a 57 no intervalo, mas já sem alternância na liderança). 

Dewayne Dedmon não foi a melhor opção para defender o garrafão, mas uma formação mais conjunta, com Georges Niang e Paul Reed contribuindo bastante, se mostrou mais efetiva. Do outro lado da quadra, Tyrese Maxey e Tobias Harris mantiveram a equipe na briga.

Enterradas e mais enterradas dos Nuggets

Com a facilidade encontrada para jogar dentro do garrafão, Mike Malone aproveitou as brechas e mandou o seu time para o poste baixo. Dali, Jamal Murray fez assistências para Jokic (25 pontos, 17 rebotes e 12 assistências), Bruce Brown, Christian Braun e um também inspirado Aaron Gordon castigarem o aro. 

A equipe de Philadelphia foi valente, e muito, e encostou no marcador nos 12 minutos finais. A 30 segundos do fim, a arbitragem foi desafiada a rever um chamada que poderia ter mudado a história do jogo se Rivers tivesse conseguido o sucesso. Pior para o time visitante, e alívio para a torcida local em outro bom jogo de basquete, o último entre as equipes na temporada regular.

A expectativa agora se dá para um encontro entre Jokic e Embiid, dois candidatos a MVP da temporada se encontrarem na NBA Finals. As equipes são favoritas em suas conferências ao lado de Milwaukee Bucks e Boston Celtics (no Leste) e Memphis Grizzlies (Oeste).

Confira os resultados desta segunda-feira na NBA:

Milwaukee Bucks 126 x 117 Detroit Pistons 

Dallas Mavericks 127 x 104 Indiana Pacers 

Houston Rockets 115 x 137 New York Knicks 

Phoenix Suns 117 x 103 Utah Jazz 

Philadelphia 76ers 111 x 116 Denver Nuggets

New Orleans Pelicans 124 x 90 Portland Trail Blazers 

Minnesota Timberwolves 119 x 115 Sacramento Kings 

Chicago Bulls 112 x 124 Los Angeles Clippers