NHL

Introdução ao power play

Crédito: Instagram/ Reprodução

Crédito: Instagram/ Reprodução

O puck entrou no gelo na NHL pela última vez no dia 13 de junho. Nesse dia, o Los Angeles Kings sagrou-se campeão da maior liga de hockey do mundo.

117 dia se passaram, muitas trocas e mudanças nos times, mas finalmente e puck voltou a deslizar. A NHL volta para mais uma grande temporada, e a expectativa do fã do hockey no gelo não poderia estar maior.

Para comemorar a volta da National Hockey League, o Quinta Descida hoje irá tratar de uma das jogadas mais clássicas e importantes de um jogo de hockey: o power play

O power play acontece quando um jogador comete uma infração menor, logo precisa ficar dois minutos fora do jogo, deixando seu time em desvantagem numérica.

As faltas passíveis para receber a exclusão de dois minutos do jogo são várias, como cross-checking (quando o jogador empurra o outro usando o stick), segurada, levantar o stick acima da linha do ombro, entre muitas outras. Para maiores detalhes dos tipos de faltas, a própria NHL em seu site faz uma lista que as explica uma por uma.

O power play acaba de duas maneira: ou o time fica em desvantagem por dois minutos sem levar um gol, ou toma um gol, fazendo com que a falta acabe no minuto da pontuação.

Com um jogador a menos, o time em vantagem tem quase que a obrigação de aproveitar o momento, e os bons times da NHL são aqueles que conseguem aproveitar as jogadas de power play. No ano passado o Boston Bruins teve a melhor campanha da liga, além de ter sido o quarto melhor time no quesito power play durante a temporada regular. O Pittsburgh Penguins foi o melhor time da NHL no power play, e terminou a temporada regular como segundo melhor time do leste. Claro que ser bom no power play não é certeza de sucesso, uma vez que os Ducks foram o melhor time do oeste durante a temporada regular do ano passado, e terminaram em vigésimo-segundo na NHL no quesito.

Dentro da NHL, duas táticas são mais usadas no power play, a umbrella e a overload

UMBRELLA

Uma formação de power play usada quase que exclusivamente em ligas maiores, por conta de sua dificuldade. É uma tática que preza pela movimentação intensa para cansar a defesa, além de um crash the net fortíssimo para tentar pontuar através dos rebotes.

O cerébro do time é o jogador número 1, que tem a opção de passar para os números 2 e 3, sendo o 2 canhoto e o 3 destro para ter melhor ângulo de tiro. Os jogadores 4 e 5 são os grandalhões que ficam na frente do goalie afim de atrapalha-lo, além de tentar pegar rebotes ou desviar chutes. Esses jogadores também tem a vital função de buscar o puck quando ele vai para o fundo do campo, caso eles deixem o time adversário retornar o puck para o outro lado do gelo, o time em vantagem irá ter que recompor todo seu sistema ofensivo, perdendo muito tempo do power play.Power Play

OVERLOAD

Uma tática de power play mais simples, porém eficaz. Tem como objetivo focar o ataque em um só lado do campo afim de criar de desvantagem numérica. A NHL fez um vídeo explicando direito a formação e a eficiência do overload

Popular

Copyright © 2015-2021 - https://www.quintoquartobr.com/

+18 Jogue com responsabilidade


Copyright QuintoQuartoBR

To Top