Tom Brady e Gisele foram surpreendidos com prejuízo astronômico

Pedro Rubens Santos | 07/07/2023 - 17:30

Aposentado da NFL e divorciado da modelo brasileira Gisele Bündchen, Tom Brady se envolveu em um grande problema que lhe rendeu um prejuízo de US$ 30 milhões (R$ 145,6 milhões na cotação atual).

Quando ainda era casado com Gisele, o ex-quarterback de New England Patriots e Tampa Bay Buccaneers assinou contrato para ser garoto-propaganda da corretora de criptomoedas FTX. A empresa, porém, veio a colapso em novembro e “sumiu” com o dinheiro de seus investidores.

Segundo o New York Times, o pagamento a Brady foi feito quase inteiramente em ações da FTX. O mesmo ocorreu com a brasileira, então esposa do jogador de futebol americano, que recebeu US$ 18 milhões em participação acionária na companhia.

LEIA MAIS

+ Caso Scarpa: Tom Brady, Gisele, Curry e Shaq perderam dinheiro com empresa de criptomoedas

+ NBA: Shaquille O’Neal cobra Curry ao vivo por ação judicial

Com a falência da corretora, os US$ 48 milhões que o casal detinha em ações foram perdidos. Além do rombo na conta bancária, os dois estão sendo processados por clientes da FTX por terem promovido os negócios da empresa.

Tom Brady está sendo citado em processo judicial de investidores contra celebridades que promoveram a FTX. (Foto: Icon sport)

Segundo a ação judicial, a promoção de investimentos por parte das celebridades configuram culpa pelo prejuízo que, somado, chega a mais de US$ 11 bilhões. Outras figuras importantes do mundo esportivo como Stephen Curry, Shaquille O’Neal e Naomi Osaka também são citadas no processo por suas ligações com a agora falida companhia.

O prejuízo de Tom Brady e Gisele com a FTX

Somando o valor das ações de Brady e Gisele na FTX, o ex-casal perdeu US$ 48 milhões (R$ 233,2 milhões na cotação atual) com a falência da corretora, em novembro de 2022.

Sam Bankman-Fried, fundador da empresa que agora enfrenta acusações criminais de fraude, era próximo do ex-quarterback sete vezes campeão do Super Bowl. Os dois apareceram juntos em vídeos, postados nas redes sociais, nos quais apareciam nas instalações da companhia.

Brady e Gisele estrelaram um comercial da FTX que foi ao ar no intervalo de jogos da NFL nos Estados Unidos. Posteriormente, os dois acabaram enfrentando um grande prejuízo com o colapso da corretora, junto aos investidores que perderam seu dinheiro colocado em criptoativos.

Escrito por Pedro Rubens Santos
Pedro Rubens começou a trabalhar na cobertura de futebol americano no site Torcedores.com e teve uma passagem de três anos pela ESPN, onde atuou também na produção digital. Foi repórter do Quinto Quarto até julho de 2023.