NFL: Lamar dá show, Ravens dominam os Dolphins e garantem a melhor campanha

Márcio Júnior | 31/12/2023 - 18:54

O Baltimore Ravens é, definitivamente, o time a ser batido na NFL. E provou isso na tarde deste domingo (31), contra o Miami Dolphins, no duelo das duas melhores equipes da Conferência Americana. Jogando ao lado do torcedor, a franquia de Maryland dominou os rivais e venceram por 56 a 19.

Nem mesmo o forte começo do Miami Dolphins foi o suficiente pra superar os Ravens, que chegam à sua sexta vitória seguida, a décima terceira da temporada. Além de elevar o moral da equipe duas semanas antes do início dos playoffs, a vitória contra Miami garante a classificação direta dos Ravens para as semifinais da Conferência, com a melhor campanha da temporada, além do título da AFC Norte.

Leia mais

+ Tom Brady revela o motivo de não ter voltado da aposentadoria

++ Mahomes analisa jogo contra os Bengals: ‘Grande desafio’

MVP? Lamar Jackson lidera os Ravens em atropelo contra os Dolphins

O quarterback dos Ravens, Lamar Jackson, brilhou com mais uma atuação espetacular no comando ofensivo da equipe. Em um jogo perfeito, o camisa 8 lançou mais de de 300 jardas no jogo, com x passes e nenhuma interceptação. somando x touchdowns no duelo contra um rival na corrida para o troféu de MVP.

Durante o jogo, Lamar lançou para 5 touchdowns e mais de 300 jardas passadas, sem nenhuma interceptação, atingindo o rating perfeito nos passes (158.3). Lamar também garantiu outro recorde na sua carreira. Foi apenas a segunda vez na história da NFL que um quarteback somou, ao menos, 250 jardas passadas e 3 touchdowns no primeiro tempo de um jogo.

O show de Lamar começou ainda no primeiro quarto quando o quarterback achou Justice Hill. Depois, conectou passes para Zay Flowers, Isaiah Likely duas vezes e Pat Ricard para fechar com 5 touchdowns no duelo. Gus Edwards, Melvin Gordon e Charlie Kolar somaram mais 3 touchdowns.

Começo animador e final preocupante: Dolphins vê lesões colocarem temporada em risco

Apesar do placar bem elástico ao fim do jogo, os Dolphins começaram vencendo. Antes dos primeiros cinco minutos abriram o placar com o wide receiver Cedrick Wilson. Mas o sonho durou pouco. Próximo do fim do primeiro tempo os Lamar e os Ravens abriram a caixinha e não pararam.

O torcedor de Miami ainda viu a sua principal arma, o quarterback Tua Tagovailoa lançar 22 passes com 38 tentativas, além de duas interceptações, que dificultaram ainda mais a situação da equipe na partida. Somando a isso, viu a defesa adversário dominar, deixando a equipe sem chances de reação. O Kicker Jason Sanders até tentou mandar o time em disputa, anotando dois field goals na primeira etapa.

Para piorar os Dolphins ainda perderem três peças importantes a uma semana do fim da temporada regular. O cornerback Xavien Howard, ainda no início do jogo, o linebacker Bradley Chubb, um dos principais jogadores da equipe, com uma lesão no joelho, e o quarterback Tua Tagovailoa deixaram o campo e não retornaram.

Dos três, Howard e Chubb são os que tem a situação mais crítica em relação à sequência da temporada. Preocupação extra para uma equipe que precisa vencer o último jogo da temporada, contra os Bills, no próximo domingo (7), se quiser garantir uma melhor posição nos playoffs da temporada 2023-24 da NFL.

Escrito por Márcio Júnior
Márcio Júnior é baiano formado pela Faculdade Regional da Bahia. Cobriu de carnaval a Copa do Mundo na TVE Bahia, onde venceu o prêmio de reportagem do mês. Apaixonado por futebol, NBA, NFL e games de história. Torcedor do Bahia e Los Angeles Lakers. Passei pela ALBA, Rádio Educadora, Superesportes e Trivela. No Quinto Quarto desde julho de 2023.