NFL: Denver Broncos deve dispensar Russell Wilson

André Merice | 28/12/2023 - 17:06

Depois de duas temporadas, a era de Russell Wilson no Denver Broncos está muito próxima de chegar ao fim. Após ser colocado no banco de reservas pelo restante da temporada pelo treinador Sean Payton, o quarterback Russell Wilson está ciente que deve ser dispensado pelos Broncos ao fim da temporada de 2023. De acordo com o site “The Athletic”, o atleta de 35 anos já esperava por esta decisão há cerca de dois meses.

O primeiro indicativo ocorreu justamente em outubro, quando representantes da diretoria de Denver entraram em contato com os representantes de Russell informando que ele seria movido para o banco de reservas pelo resto da temporada caso não abdicasse da cláusula de garantia financeira caso esteja saudável em 2025. Como ele optou por manter a opção em seu contrato, a decisão foi oficializada. A cláusula prevê que, caso Wilson se apresente lesionado em março para a pré-temporada ou não consiga passar nos exames físicos, ele receberá 37 milhões de dólares (R$ 179 milhões). Atletas lesionados, inclusive, não podem ser dispensados por equipes da NFL.

Através de sua conta no Twitter, Russell Wilson publicou um tuíte sobre a situação sem mencionar nomes ou dar detalhes. Em uma curta mensagem, o experiente quarterback mostrou sua fé divina e ânimo para o seu futuro.

– Deus está comigo. Estou ansioso pelo o que está por vir -, afirmou Russell.

Treinador dos Broncos, Sean Payton nega motivo da decisão sobre Russell Wilson

Na atual temporada, os Broncos contam com um registro de 7-8, com apenas 8% de chances de se classificar para os playoffs, de acordo com NFL.com. A decisão de colocar Wilson no banco de reservas, dando lugar a Jarrett Stidham, foi tomada poucas horas antes de Russini informar o desejo do Denver, o que mostra a intenção da equipe em buscar uma peça ofensiva. 

Sean Payton, técnico do Denver Broncos, explicou durante coletiva de imprensa na última quarta que a mudança de quarterback visava impulsionar o setor ofensivo, prontamente negando que a decisão estivesse relacionada ao contrato.

– Eu entendo todas as especulações e tudo que cerca uma jogada como essa, e posso dizer que estamos tentando desesperadamente vencer. Claro, no nosso jogo hoje há economia e todas essas coisas, mas o principal impulso por trás disso, é conseguir uma faísca ofensiva -, disse Sean Payton.

VEJA TAMBÉM:

+ ‘Fico feliz por estar onde estou’, diz Flacco sobre partida contra os Jets

++ NFL: Monday Night Football atinge marca de audiência que durava 27 anos

A decisão de dispensar Wilson causaria uma despesa de US$ 85 milhões para 2024. Caso a liberação aconteça em junho, os Broncos teriam que arcar com US$ 35,4 milhões para 2024 e US$ 49,6 milhões para 2025.

Escrito por André Merice
No Quinto Quarto desde janeiro de 2021, André Merice cursa o 7º período de jornalismo na Universidade de Ribeirão Preto. Apesar de ser torcedor do São Paulo Futebol Clube, André se encontrou na área dos esportes americanos e hoje se tornou torcedor LeBron James e um admirador de Stephen Curry, o "Víbora".