NFL Jogadores da NFL Los Angeles Chargers

NFL: como Herbert deixou Lamar e Mahomes para trás com salário absurdo

NFL: como Herbert deixou Lamar e Mahomes para trás com salário absurdo
Foto: Icon Sport

O mercado da NFL foi novamente redefinido na última terça-feira (25) com a assinatura de mais um contrato de valores astronômicos. Desta vez, o Los Angeles Chargers estendeu o vínculo com o quarterback Justin Herbert por mais cinco anos e US$ 262,5 milhões (R$ 1,24 bilhão na cotação atual).

Depois de três temporadas na liga, Herbert, de 25 anos, recebeu o contrato mais caro de qualquer jogador, considerando o valor médio anual de US$ 52,5 milhões (R$ 248,6 milhões). Por US$ 500 mil, ele superou Lamar Jackson, que, em abril, fechou seu acordo com o Baltimore Ravens e se tornou, na época, o líder do ranking dos mais bem pagos por ano.

Hoje terceiro lugar na lista, Jalen Hurts ocupou o posto por um breve período de tempo. Dias antes da extensão de Lamar, o QB do Philadelphia Eagles havia fechado com a equipe por US$ 51 milhões, após se destacar na temporada 2022 e levar o time até o Super Bowl, quando acabou derrotado pelo Kansas City Chiefs de Patrick Mahomes.

VEJA TAMBÉM

+ Mercado NFL: Saquon Barkley toma decisão importante sobre futuro nos Giants

+ LeBron, McGregor, Mahomes ou Messi: quem é o maior esportista nos EUA?

As informações de valores foram reveladas pela NFL Network.

O contrato de maior valor da NFL, hoje, pertence a Mahomes. Em 2020, o atual MVP da liga assinou com os Chiefs um vínculo de 10 anos e US$ 450 milhões que garantiu uma longa sequência do quarterback na franquia. Desde então, as renovações acertadas por outros nomes da posição usaram tal acordo como base, o que jogou o astro para baixo na lista.

Contratos mais curtos, geralmente de cinco anos, conseguem superar a média anual estabelecida por Mahomes três anos atrás. Em 2022, Deshaun Watson (US$ 46 milhões), Kyler Murray (US$ 46,1 milhões), Russell Wilson (US$ 48,5 milhões) e Aaron Rodgers (US$ 50,2 milhões) conseguiram bater os US$ 45 milhões do camisa 15.

Neste ano, Hurts, Jackson e Herbert jogaram o QB dos Chiefs para fora do top 5, todos com contratos acima de US$ 50 milhões por temporada.

Depois das extensões com os quarterbacks de Eagles e Ravens, os Chargers garantiram seu líder ofensivo para o futuro e deram a Herbert um acordo de cinco anos que o torna o atleta com maior salário da NFL.

Justin Herbert renova contrato na NFL

Apesar de ainda ter mais dois anos restantes em seu contrato de novato com o Los Angeles Chargers, o quarterback Justin Herbert foi premiado com um novo acordo na última terça-feira (25). O valor é de US$ 262,5 milhões, com US$ 218,7 milhões garantidos e validade de cinco temporadas.

A extensão, portanto, acrescenta mais cinco anos ao vínculo atual, o que manterá o QB unido à franquia até 2029.

Herbert se tornou o jogador mais bem pago da NFL em média salarial, com US$ 52,5 milhões a serem recebidos por cada temporada. Ele superou Lamar Jackson, tanto em salário total como médio.

O astro dos Ravens havia fechado seu acordo em abril pelos mesmos cinco anos e US$ 260 milhões, o que resulta em uma média de US$ 52 milhões por ano.

Lamar Jackson NFL. Foto: Reprodução/Twitter/@Ravens

Depois de uma longa novela, Lamar Jackson assinou, em abril, sua extensão contratual com o Baltimore Ravens. (Foto: Reprodução/Twitter/@Ravens)

Os Chargers não perderam a chance de assegurar sua principal estrela e já assinaram uma extensão contratual com Herbert depois de três anos brilhantes do quarterback na liga. Ele foi escolhido na sexta posição geral do Draft de 2020.

Em 50 jogos, o QB tem 103 touchdowns anotados na carreira, sendo 95 de passe e 8 corridos. Nenhum outro atleta na história da NFL alcançou seus números em passes completos (1.316), jardas aéreas (14.089), touchdowns (102) e jogos de 300 jardas (22) nas primeiras três temporadas regulares.

O ótimo desempenho desde o começo de sua caminhada na liga rendeu a Herbert um contrato astronômico logo em seu quarto ano como profissional. Na última temporada, ele chegou aos playoffs pela primeira vez — os Chargers acabaram derrotados para o Jacksonville Jaguars, na primeira rodada, por 31 a 30.

Popular

To Top