Vingança? Ex-Packers é dispensado e se junta a rival da NFL

André Merice | 12/03/2024 - 11:53

Aaron Jones deve se mudar para o Minnesota Vikings, de acordo com a jornalista Ian Rapoport, da NFL Network. O running back assina por um ano, em um contrato no valor US$ 7 milhões (R$ 34 milhões na cotação atual) com a franquia.

A possibilidade de contratar Aaron Jones surgiu após sua liberação pelo Green Bay Packers, que contratou Josh Jacobs para assumir a posição de running back titular.

Embora os Packers tenham tentado manter Aaron, o jogador teria uma quantia para receber de US$ 12 milhões (aproximadamente R$ 59 milhões) em salários e bônus na próxima temporada, com um teto salarial de mais de US$ 17 milhões (cerca de R$ 84 milhões). Após se recusar a abrir mão desses valores, Jones foi informado de sua dispensa, enquanto Jacobs foi contratado para a reposição.

Na temporada passada, Aaron Jones registrou 142 corridas para 656 jardas e dois touchdowns em 11 jogos. Ele também contribuiu com 30 recepções para 233 jardas e um touchdown pelo alto. Escolhido pelo Green Bay Packers na quinta rodada do Draft de 2017, Jones, em sete anos na NFL, nunca jogou por outra equipe da liga, algo que acontecerá no próximo ano.

Green Bay Packers, da NFL, dispensa veterano

Além de Jones, o left tackle David Bakhtiari também foi dispensado pelo Green Bay Packers. Jogando ao lado de Aaron Rodgers, era considerado um dos melhores jogadores de linha ofensiva da NFL, mas desde que sofreu com um rompimento do ligamento colateral anterior no joelho esquerdo em um treino em 2020, Bakhtiari teve problemas para se manter saudável.

Ambos os jogadores são considerados veteranos, mas Aaron Jones ainda não fez 30 anos e Bakhtiari (32) ainda pode ter alguns anos restando na NFL, caso encontre ritmo de jogo em outra franquia.

LEIA MAIS:

++ NFL: Giants surpreendem e trocam por principal defensor dos Panthers

++ Lamar Jackson reage a ex-companheiro assinando com rival: ‘Você morreu para mim’

Escrito por André Merice
No Quinto Quarto desde janeiro de 2021, André Merice cursa o 7º período de jornalismo na Universidade de Ribeirão Preto. Apesar de ser torcedor do São Paulo Futebol Clube, André se encontrou na área dos esportes americanos e hoje se tornou torcedor LeBron James e um admirador de Stephen Curry, o "Víbora".