NBA: Tatum vai do inferno ao céu e força Jogo 7 entre Celtics e Sixers

Pedro Rubens Santos | 11/05/2023 - 23:15

O Boston Celtics segue vivo na temporada após vencer o Philadelphia 76ers por 95 a 86, fora de casa, evitar a eliminação e forçar um Jogo 7 na semifinal da Conferência Leste.

Mas não foi nada fácil. A equipe precisou superar um início péssimo de sua maior estrela, além de um recorde de turnovers, para bater os Sixers no Wells Fargo Center, na noite desta quinta-feira (11).

VEJA TAMBÉM

Na primeira metade do confronto, Jayson Tatum teve o pior meio-tempo de sua carreira. O astro dos Celtics foi incapaz de superar a marca de um ponto e desceu para o intervalo com um aproveitamento de 0/10 nos arremessos de quadra.

O desempenho desastroso durou até os minutos finais da partida. No momento mais importante da temporada, porém, Tatum foi ‘clutch’, converteu quatro arremessos do perímetro e colocou o time em ótima situação para empatar a série e se salvar da eliminação. 

No domingo (14), as equipes voltam a se enfrentar, agora pelo Jogo 7, em Boston. Quem vencer estará na final da Conferência Leste. O perdedor vai para casa.

Celtics x 76ers: Jogo 6

Os Celtics terminaram o primeiro tempo na frente, mas a vantagem poderia ser maior. Os Sixers aceleraram o ritmo na reta final e deixaram as coisas interessantes ao cortar 16 pontos da liderança para sete.

Jayson Tatum foi o destaque negativo, com apenas um ponto marcado e 0/10 nos arremessos de quadra. O astro de Boston teve uma primeira etapa muito abaixo do esperado ofensivamente, mas contou com a ajuda de Malcolm Brogdon (13 pontos, 3/3 em bolas de três) e Marcus Smart (15 pontos).

Como as bolas não caíam, o camisa 0, que na última quarta-feira foi eleito para o primeiro time All-NBA, contribuiu de outras formas: sete rebotes, seis assistências e dois tocos.

Os Celtics foram para o intervalo na frente muito por conta do aproveitamento ruim de Philadelphia do perímetro, com cinco de 19 chutes convertidos. Os visitantes acertaram quase o dobro (9) no mesmo número de tentativas.

Quem fugiu da estatística foi Tyrese Maxey, que, assim como Smart, anotou 15 pontos na metade inicial do confronto.

Segundo tempo: Sixers viram, mas Tatum ‘renasce’ e decide

O Wells Fargo Center quase veio abaixo no terceiro quarto com a virada dos Sixers. Depois de estar 16 pontos atrás no placar, o time da casa conseguiu tomar a liderança e ainda abrir vantagem.

Enquanto Maxey e Embiid seguiam pontuando, Tatum acertou só seu primeiro arremesso e foi para o último período com ínfimos três pontos em 30 minutos jogados. Não parecia ser a noite do camisa 0.

O problema é que o confronto era de vida ou morte para Boston, e a equipe jogava longe de casa. Nesse contexto hostil, a falta de contribuição de seu principal jogador quase foi fatal.

As mudanças de liderança ditaram o ritmo do último quarto. Os times respondiam pontuação com pontuação, e assim o jogo se desenrolou até os minutos finais. E o diferencial foi ninguém menos que Jayson Tatum, que acordou no fim e garantiu a vitória do seu time com quatro cestas de três pontos.

Tatum terminou o período derradeiro com 16 pontos. A atuação fantástica na reta final apagou o desempenho terrível que ele vinha tendo no confronto e ajudou Boston a vencer, apesar dos muitos turnovers — foram 17 no total, a pior marca da equipe nessa pós-temporada.

Joel Embiid teve mais um duplo-duplo e fechou a noite com 26 pontos e 10 rebotes, e Tyrese Maxey anotou os mesmos 26 pontos. Ambos alcançaram números melhores que o cestinha dos Cetics no duelo, Marcus Smart, que teve 22. Ainda assim, com a mágica de Tatum na fase decisiva do duelo, quem levou a melhor foi o time visitante.

Philadelphia perdeu a chance de matar a série e passar de fase. Agora, a série volta para Boston e será decidida no TD Garden, diante do torcedor dos Celtics.