NBA: Celtics atropelam Warriors por 52 pontos no aniversário de Tatum

Paola Zanon | 03/03/2024 - 19:52

No aniversário de 26 anos de Jayson Tatum, o Boston Celtics atropelou o Golden State Warriors e venceu o jogo deste domingo (3) por 140 a 88.

O jogo no TD Garden começou bastante movimentado e disputado até as duas equipes chegarem à marca de 20 pontos, mesmo com seus principais jogadores zerados. A partir daí, Jaylen Brown assumiu a responsabilidade e colocou os Celtics na frente.

O armador anotou 19 pontos só no primeiro quarto, enquanto Tatum, aniversariante do dia, converteu sua primeira cesta nos minutos finais do período —nos seis últimos, inclusive, os donos da casa fizeram uma corrida de 23 a 1 e fecharam a primeira etapa com 20 de vantagem.

Os Warriors sofreram com quatro turnovers, enquanto os Celtics não erraram nenhuma jogada. Stephen Curry fechou o primeiro período com apenas dois pontos e duas air balls que pareceram ter tirado a confiança do armador.

A situação piorou ainda mais no segundo quarto; em apenas seis minutos, o time de Boston ampliou a vantagem para 32 pontos, enquanto Curry permaneceu com apenas dois pontos, e o técnico Steve Kerr, paralisado.

Apagado no primeiro período, Tatum acordou no segundo e anotou 20 pontos, enquanto Steph chegou a apenas quatro. Na saída para o intervalo, o placar era de 82 a 38 para os donos da casa.

Celtics batem recorde do ano do último título

Com 44 pontos de vantagem só no primeiro tempo do jogo, o time de Jayson Tatum a maior diferença antes de um intervalo na história da franquia.

O recorde anterior era de 39 pontos na temporada 2007-08, ou seja, a mesma de seu último título da NBA. Esse é o segundo recorde do ano do 17º título que a franquia quebra na atual temporada; o primeiro foi chegar a 46 vitórias antes da 60ª partida regular.

A franquia de Boston ainda se tornou a única na história da NBA a ter três jogos com uma vitória por 50 pontos ou mais em uma mesma temporada.

Warriors escalam reservas para assumir vexame

O Golden State voltou do intervalo sem Draymond Green, Klay Thompson e Curry, que não apareceram nem no banco de reservas. Os Celtics não tiveram piedade, e chegaram aos 100 pontos na metade do terceiro período.

Dos veteranos, apenas Chris Paul entrou em quadra no segundo tempo, principalmente para pegar ritmo de jogo após uma cirurgia na mão e 21 partidas de desfalque. O quinteto foi composto também por Kevon Looney, Gui Santos, Dario Saric e Jerome Robinson.

Diante do cenário totalmente favorável, Joe Mazzulla também optou por descansar seus jogadores titulares e colocou os reservas em quadra. Tatum terminou seu jogo de aniversário com 27 pontos, e Brown, com 29.

O jogo acabou com uma diferença de 52 pontos para os Celtics, que chegaram à 11ª vitória consecutiva.

Gui Santos volta de lesão e marca mais pontos que Curry

Depois de ficar três jogos fora da rotação por causa de uma inflamação no joelho, Gui Santos voltou a jogar justamente no pior jogo dos Warriors na temporada, a partir do terceiro quarto.

O brasileiro ficou em quadra durante 18 minutos e anotou cinco pontos, nove rebotes e três assistências no 15º jogo de sua carreira na NBA.

Warriors x Celtics: estatísticas

Golden State Warriors

  • Moses Moody: 11 pontos e quatro rebotes
  • Jonathan Kuminga: Seis pontos, dois rebotes e três assistências
  • Draymond Green: Seis pontos, quatro rebotes e duas assistências
  • Klay Thompson: Seis pontos, dois rebotes e uma assistência
  • Stephen Curry: Quatro pontos, um rebote e três assistências

Boston Celtics

  • Jaylen Brown: 29 pontos, três rebotes e três assistências
  • Jayson Tatum: 27 pontos, três rebotes e cinco assistências
  • Al Horford: Sete pontos, quatro rebotes e quatro assistências
  • Derrick White: 14 pontos, três rebotes e oito assistências
  • Jrue Holiday: Sete pontos, seis rebotes e quatro assistências
Escrito por Paola Zanon
Paola Zanon é jornalista formada pela Cásper Líbero, repórter e redatora com passagens pelo Notícias da TV, R7 e UOL Esporte. A carreira no jornalismo esportivo começou com a cobertura dos Jogos Pan-Americanos de 2019 pelo R7 até chegar ao Quinto Quarto em fevereiro de 2023. São-paulina de coração e apaixonada por basquete, futebol e viagens.