Steve Kerr quase barrou Stephen Curry em jogo de recorde no Madison Square Garden

Eric Filardi | 15/12/2021 - 04:13

Antes do duelo entre New York Knicks x Golden State Warriors, o técnico libanês do time da Califórnia, Steve Kerr, fez uma piada que deixou os fãs de basquete ansiosos. Bem como, ao mesmo tempo, atônitos para ver se a brincadeira teria um fundo de verdade.

Isso porque o treinador do Warriors falou sobre a disponibilidade de seu craque contra o Knicks. Em suma, após a vitória de segunda-feira à noite sobre o Indiana Pacers, espalhou-se a notícia de que o GSW estaria viajando para Nova York para enfrentar o Knicks e que Kerr pouparia Stephen Curry.

Piada de Steve Kerr sobre Stephen Curry deixou todo mundo de cabelo em pé

“Vou descansar Steph amanhã”, disse Kerr na entrevista coletiva. Após a declaração, Steve olhou seriamente para os repórteres, mas não resistiu ao riso e após alguns momentos tensos acrescentou: “não resisti”, que se entendeu que estava brincando.

Para Marcus Thompson, que cobre o Warriors no The Athletic, normalmente essas são as circunstâncias ideais para Steve Kerr decidir descansar seus craques. Entretanto, neste caso há uma grande exceção:

“Steph Curry provavelmente precisaria ser sequestrado para não cumprir este momento de carreira no MSG. Ele pode estar cansado. Mas ele tem dois dias de folga antes do Boston e a chance de um momento vitalício. É uma pena, mas o momento ainda é o momento”, escreveu Thompson escreveu no Twitter.

Por fim, antes do jogo, em entrevista coletiva, o comandante do Golden State Warriors exaltou o momento de Steph na temporada e o recorde que acabaria batido pelo camisa 30:

“Steph atrai a todos, não apenas os fãs que olham para sua porcentagem de três pontos. Acho que os fãs se sentem atraídos por ele apenas por causa de sua humildade, sua história e do quão duro ele teve que trabalhar. Então, desse ponto de vista, transcende um pouco os esportes”.

Foto destaque: Reprodução / AP

Escrito por Eric Filardi
Quando pequeno quis ser jogador. O sonho de criança passou. Mas a vida de jornalista começou. Sou Eric Filardi, paulistano criado em Taboão da Serra, jornalista pós-graduado em Jornalismo Esportivo e apaixonado por futebol, basquete e MMA. Como todo jornalista amo escrever. Como todo brasileiro amo futebol. Tenho meu clube e minhas preferências, mas viso o profissionalismo e a imparcialidade, sem deixar de lado a criatividade. Sou poeta em @avipen no Instagram.