Quem é Victor Wembanyama, número 1 do Draft da NBA 2023

Paola Zanon | 22/06/2023 - 19:30

Victor Wembanyama ainda nem pisou em uma quadra da NBA e já vive cercado de expectativas. Um dos maiores talentos do basquete nos últimos anos, o francês é cotado para ser o número 1 do Draft da NBA 2023, que acontece em 22 de junho, em Nova York, nos Estados Unidos.

Com a primeira escolha, o gigante de 19 anos e cerca de 2,21 metros (ao menos essa é a altura aproximada), tem vaga praticamente garantida no San Antonio Spurs, que venceu a loteria do Draft no último mês de maio.

Wembanyama é jogador profissional do Metropolitans 92 na LNB Pro A, principal liga de basquete na França. Apesar da altura, o atleta impressiona também pelas habilidades em agilidade, dribles e arremessos, podendo atuar apenas como pivô ou assumir também a posição de ala-pivô.

Em outubro do ano passado, no início da temporada de 2022-23 da NBA, até mesmo LeBron James se mostrou impressionado com os talentos de Wemby em quadra e pareceu animado ao saber que em breve poderia vê-lo pelas quadras profissionais dos Estados Unidos.

— Eu nunca vi alguém do tamanho dele jogar de maneira tão fluida e graciosa. É um talento geracional — declarou o maior cestinha da liga.

Na época, Victor já era considerado a possível primeira escolha do Draft desse ano e também foi rotulado por especialistas como o maior prospecto desde Luka Doncic em 2018 por ser uma “combinação de Giannis Antetokounmpo com Kevin Durant”.

Outra característica de Wembanyama que tem impressionado é sua envergadura, que pode chegar a 2,36 metros durante um salto para um arremesso — normalmente, atletas altos assim costumam ter dificuldade de mobilidade.

A infância de Wembanyama

Wemby começou a jogar basquete ainda muito jovem, motivado por sua mãe, que foi jogadora profissional na França e hoje trabalha como técnica. O menino também herdou habilidades de seu pai, que foi atleta de salto em altura, salto em distância e salto triplo, além dos avós, que também jogavam basquete.

Victor chegou a atuar como goleiro no futebol e praticar judô, mas aos 10 anos de idade, se encontrou de vez no esporte da bola laranja e passou a disputar o Nanterre 92, torneio juvenil de basquete, pelo Entente Le Chesnay.

Apesar de ter praticado o esporte durante a vida toda, Wembanyama só chegou aos holofotes em 2021, quando foi destaque pela seleção francesa no Mundial Sub-19.

A equipe chegou às finais, mas foi derrotada pelos Estados Unidos. No jogo decisivo, o garoto anotou 22 pontos, oito rebotes e oito tocos, o que despertou de vez as atenções dos olheiros da NBA — praticamente todas as franquias enviaram seus observadores para acompanhá-lo.

No ano passado, quando já era considerado como a primeira escolha do Draft, Wemby e seu time enfrentaram o Ignite, da G-League, e perderam por 122 a 115, mas o francês foi destaque com 37 pontos e cinco tocos. O amistoso, que aconteceu em Las Vegas, atraiu executivos de várias franquias, que quiseram acompanhar de perto sua atuação.

Escrito por Paola Zanon
Paola Zanon é jornalista formada pela Cásper Líbero, repórter e redatora com passagens pelo Notícias da TV, R7 e UOL Esporte. A carreira no jornalismo esportivo começou com a cobertura dos Jogos Pan-Americanos de 2019 pelo R7 até chegar ao Quinto Quarto em fevereiro de 2023. São-paulina de coração e apaixonada por basquete, futebol e viagens.