O emocionante discurso de Paul Gasol para Gigi e Kobe Bryant no Hall da Fama

Márcio Júnior | 13/08/2023 - 09:00

A amizade de Kobe Bryant e Paul Gasol é algo que ficará marcada para sempre. E o pivô espanhol fez questão de lembrar o falecido amigo e da sua filha, Gigi, no dia que foi oficialmente incluído no Hall da Fama da NBA.

Durante a cerimônia que o incluiu entre os grandes nomes do esporte da bola laranja, Gasol fez um emocionado discurso ao lembrar do amigo, a qual dedicou as principais conquistas da sua carreira.

— Eu não estaria aqui sem você, irmão. Eu queria mais do que tudo que você e Gigi estivessem aqui conosco hoje. Saudades e te amo — disse muito emocionado Paul Gasol.

LEIA MAIS

+ Lakers preparam grande homenagem a Kobe e Gigi Bryant em data simbólica

++ Dwyane Wade X Paul Pierce: armador responde provocação e diz quem foi o melhor

2008 e a troca que mudou a vida de Paul Gasol e os Lakers

Em 2008 o Memphis Grizzlies acertou a troca que levou Paul Gasol aos Los Angeles Lakers. Em 1ª de fevereiro daquele ano, após a negociação, a vida de Paul, Kobe e dos torcedores dos Lakers jamais seria a mesma.

A sua chegada aos Lakers causou impacto imediato, que rapidamente se transformou em um candidato ai título da NBA. Naquele temporada, de 2007-08, os Lakers chegariam às Finais da NBA justamente contra o maior rival, o Boston Celtics, mas ainda não seria esse o primeiro título juntos da dupla que marcou época.

Perder um título para o maior rival não deve ter sido algo fácil, principalmente se tratando de alguém como Kobe Bryant. Mas, certamente, os 4 a 2 daquela série contra Boston serviram de inspiração para o que viria a seguir.

Nos dois anos seguintes os Lakers venceram às Finais da NBA, eternizando de vez a dupla Bryant-Gasol como uma das mais vitoriosas da liga. Durante suas palavras na cerimônia do Hall da Fama, Gasol fez questão de falar sobre a influência que seu amigo e ídolo teve em sua carreira.

— Em 2008 eu recebi a noticia que havia sido trocado para os Lakers, e isso mudou minha vida e minha carreira. Sei que algumas pessoas ficam chateadas com trocas, mas aconteceu. E foi ai que conheci a pessoa eu elevou meu jogo como ninguém, que me mostrou o quanto você tem que trabalhar e a mentalidade que precisa ter para ser o melhor — disse o espanhol, emocionado ao lembrar do amigo.

‘Vamos ganhar um campeonato juntos', a mensagem de Kobe Bryant a Paul Gasol

Durante o seu discurso de inclusão no Hall da Fama da NBA, o espanhol contou como e onde foi o seu primeiro encontro com aquele que viria a se tornar um dos seus melhores amigos para toda a vida. E nada poderia ser mais “Kobe Bryant” do que a mensagem que recebeu o ídolo dos Lakers.

— No dia que fui para os Lakers, fui para o hotel depois da meia noite, e ele me mandou uma mensagem e falou “eu quero ir ao seu quarto e te dar as boas-vindas ao time”. Então eu falei “está um pouco tarde, não prefere esperar até amanhã?”, ele respondeu dizendo “não, não vou demorar, estou indo”. Então, quando chegou, ele disse “bem-vindo ao time, estou feliz que está aqui e agora vamos ganhar um campeonato juntos”. E foi isso, direto e reto — disso aos risos o pivô.

Confira os números de Paul Gasol nos Lakers

Ao longo dos 6 anos e meio nos Lakers, Paul conquistou dois títulos com 17,7 pontos de média, além de ter uma grande visão de jogo. Confira os números:

  • Títulos: 2
  • Pontos: 17,7
  • Rebotes: 9,9
  • Assistências: 3,5

Paul Gasol homenageia Kareem Abdul-Jabbar

Outra figura icônica dos Los Angeles Lakers e do basquete que também foi homenageada pelo pivô espanhol sem sua discurso de inclusão ao Hall da Fama foi Kareem Abdul-Jabbar, segundo maior cestinha da história da NBA.

Kareem não pode estar presencialmente prestigiado o amigo, mas foi lembrando por Gasol.

— Gostaria de agradecer ao meu amigo e modelo Kreen. Acho que alguns de vocÊs sabem que ele estaria aqui presente, mas infelizmente não conseguiu, não está se sentindo bem, mas gostria de dizer que espero que fique bem e obrigado por aceitar a hora de ser o meu apresentador —  disse Paul.

Escrito por Márcio Júnior
Márcio Júnior é baiano formado pela Faculdade Regional da Bahia. Cobriu de carnaval a Copa do Mundo na TVE Bahia, onde venceu o prêmio de reportagem do mês. Apaixonado por futebol, NBA, NFL e games de história. Torcedor do Bahia e Los Angeles Lakers. Passei pela ALBA, Rádio Educadora, Superesportes e Trivela. No Quinto Quarto desde julho de 2023.