NBA Playoffs 2024: mesmo com Doncic ‘fogo de palha’, Mavs vencem Jogo 2 em Oklahoma

Victor Romualdo Francisco | 10/05/2024 - 01:32

Após a derrota do Dallas Mavericks no Jogo 1, todos esperavam mais do craque Luka Doncic no jogo seguinte. E ele mostrou um senhor cartão de visitas no primeiro quarto. No entanto, o esloveno desacelerou no restante da partida e coube aos ‘coadjuvantes’ de Dallas brilharem para garantir a vitória em Oklahoma e empatar a série da semifinal da Conferência Oeste em 1 a 1 contra o City Thunder.

A principal diferença entre os times foi o aproveitamento dos três pontos. Enquanto os Mavericks conseguiram 48,6% de aproveitamento no quesito, os donos da casa só fizeram 33,3% de suas chances. E o nome do jogo no quesito foi PJ Washington, que fez sete cestas do perímetro para os Mavericks, terminando o jogo com 29 pontos e ainda 11 rebotes. Doncic também fez 29 (16 no primeiro quarto), com 10 rebotes (todos defensivos). Além de Washington, outro coadjuvante de Dallas que brilhou foi Tim Hardaway Jr, com 17 pontos.

Se Doncic contou com os brilhos dos colegas, o mesmo não ocorreu com Shai Gilgeous-Alexander. O craque do Oklahoma City Thunder foi o cestinha do jogo, com 33 pontos e 12 rebotes. Mas não viu os colegas Chet Holmgren (11 pontos e 6 rebotes) e Josh Giddey (oito pontos) tentarem fazer a diferença no resultado final do confronto.

Como foi o Jogo 2 da semifinal entre Oklahoma City Thunder, de SGA, e Dallas Mavericks, de Doncic

O lance mais impactante, literalmente, do início do jogo foi uma falta que provocou a queda de Luka Doncic. O jogador, que não está 100% devido a um incômodo provocado por uma lesão no joelho direito, caiu e bateu o rosto no chão. O esloveno passou o primeiro quarto conferindo se seus dentes estavam realamente firmes.

Mas o pequeno contratempo não impediu o craque do time texano de ser destaque no quarto. Foram 16 pontos de Doncic, diretamente responsável pela vantagem de 36 a 32 dos Mavericks no período.

A diferença, que se estreitou no final do período anterior, voltou a ficar claramente a favor dos Mavericks no início do segundo período. As bolas de três de PJ Washington e as falhas do perímetro do OKC fizeram a vantagem dos visitantes chegar a 13 pontos (52 a 39).

Após o tempo pedido pelos anfitriões, as infiltrações no garrafão de Shai Gilgeous-Alexander, seja para pontuar, seja para assistências, cortaram a vantagem dos Mavs (59 a 56).

Com o terceiro quarto começando com 68 a 62 no placar para os visitantes, os donos da casa finalmente viraram o jogo com três minutos (72 a 71), assumindo a liderança pela primeira vez.

Na metade do período, Doncic foi para o banco, claramente desgastado. E foi sem o esloveno, liderados por Kyrie Irving e Tim Hardaway Jr., que os visitantes voltaram a abrir vantagem (87 a 79). Mais um tempo de OKC, Doncic voltou para a o jogo e o panorama do jogo não mudou.

Nos 12 minutos finais, os anfitriões teriam que tirar 10 pontos dos Mavs (99 a 89) e começaram com uma forte marcação para cortar a dianteira dos Mavs para só quatro pontos. No entanto, os texanos souberam retomar as rédeas do jogo e fechar com o placar de 119 a 110.

Próximos jogos dos playoffs da Conferência Oeste da NBA

As equipes voltam a se enfrentar neste sábado (11), desta vez, em Dallas, que pode virar a série se confirmar o triunfo no Texas. A série dos playoffs continua na segunda, com um novo jogo com os Mavs de mandantes. O vencedor da semifinal enfrenta o time que triunfará entre Denver Nuggets e Minnesota Timberwolves.

Escrito por Victor Romualdo Francisco
Antes de ser coordenador de conteúdo do Quinto Quarto, Victor Francisco atuou por 18 anos em comunicação corporativa. Paralelamente, foi criou o projeto Salão Oval, maior plataforma de comunicação dedicada ao futebol americano nacional (FABR). Foi campeão brasileiro pelo Corinthians Steamrollers (2011). Narrou e comentou o esporte no BandSports, Fox Sports, Globo Esporte e ESPN. Também atuou como Social Media para a Premier League e FIVB (Federação Internacional de Voleibol).