NBA: dá pra virar um 3 a 1? Confira quando isso aconteceu na liga

Samir Mello | 10/05/2023 - 06:00

Com as vitórias de Los Angeles Lakers e Miami Heat na noite da última segunda-feira (8/5), Golden State Warriors e New York Knicks, respectivamente, estão à beira de terem suas temporadas encerradas.

Apesar de um 3 a 1 ser um resultado bastante difícil de reverter, o feito não é inédito nos 77 anos de existência da NBA. Relembre, a seguir, alguns detalhes das 13 viradas que já aconteceram no basquete norte-americano quando equipes estiveram a uma derrota da eliminação após terem vencido apenas um jogo.

Boston Celtics x Philadelphia 76ers (1968)

A primeira virada de 3 a 1 na história da liga tinha que vir de uma equipe histórica, o Boston Celtics de Bill Russell, que superou o Philadelphia 76ers de Wilt Chamberlain nas Finais da Divisão Leste (atual Conferência Leste) para avançar às Finais e vencer seu 10º título.

Los Angeles Lakers x Phoenix Suns (1970)

Nas Semifinais da Divisão Oeste (atual Conferência Oeste), o caçula Phoenix Suns, em sua segunda temporada na NBA, esteve perto de eliminar o gigante Lakers, que conseguiu a virada, avançou às Finais, mas perdeu para o New York Knicks.

Washington Bullets x San Antonio Spurs (1979)

Pela primeira vez na história da NBA, o atual campeão saia perdendo uma série por 3 a 1, conseguindo a virada sobre os Spurs, que ainda faziam parte da Conferência Leste da liga.

Boston Celtics x Philadelphia 76ers (1981)

Bill Russell e Wilt Chamberlain deram lugar a Larry Bird e ‘Doctor’ Julius Erving na rivalidade entre Celtics e 76ers nos anos 1980. E a história se repetiu, com três vitórias seguidas nas Finais da Conferência Leste.

Houston Rockets x Phoenix Suns (1995)

A virada contra o Phoenix Suns veio nas Semifinais da Conferência Oeste, em campanha que marcou o bicampeonato do Houston Rockets.

Miami Heat x New York Knicks (1997)

Uma das principais rivalidades dos anos 1990, Miami venceu New York nas Semifinais da Conferência Leste em série que ficou marcada por cenas lamentáveis e suspensões.

Detroit Pistons x Orlando Magic (2003)

A primeira temporada de resgate do Detroit Pistons desde 1991, última vez que a equipe apareceu em uma final de conferência, contou com uma virada sobre o Orlando Magic na primeira rodada.

Phoenix Suns x Los Angeles Lakers (2006)

Steve Nash e Kobe Bryant protagonizaram um duelo de tirar o fôlego pela primeira rodada da Conferência Oeste de 2006. O time do armador canadense, no entanto, levou a melhor, superando uma cesta no estouro do cronômetro de Kobe e, depois, vencendo os três confrontos seguintes.

Houston Rockets x Los Angeles Clippers (2015)

Apesar de contar com James Harden, os destaques da virada da franquia texana nas Semifinais da Conferência Oeste contra os Clippers foram coadjuvantes surpreendentes, como Josh Smith e Corey Brewer.

Golden State Warriors x Oklahoma City Thunder (2016)

Uma das viradas mais incríveis de todos os tempos. Kevin Durant e Russell Westbrook pareciam ter o controle da série até Stephen Curry e Klay Thompson terem jogos inesquecíveis e liderarem o Golden State Warriors para a sua segunda final consecutiva.

Cleveland Cavaliers x Golden State Warriors (2016)

Se na rodada anterior Golden State Warriors x Oklahoma City Thunder foi uma das séries mais incríveis de todos os tempos, a decisão do mesmo ano é uma séria candidata à série mais inacreditável da história, com um Cleveland Cavaliers nas cordas conseguindo roubar três jogos consecutivos dos Warriors, com direito a um histórico Jogo 7, toco de LeBron e uma cesta de três decisiva de Kyrie Irving.

Denver Nuggets x Utah Jazz (2020)

Na pós-temporada da bolha, o Denver Nuggets conseguiu virar um 3 a 1 em duas rodadas consecutivas. A primeira, contra o Utah Jazz, após um duelo pessoal Jamal Murray x Donovan Mitchell, pela primeira rodada…

Denver Nuggets x Los Angeles Clippers (2020)

…e a segunda contra o favorito Clippers de Kawhi Leonard e Paul George, na rodada seguinte, antes de ser derrotado pelo Los Angeles Lakers, na Final de Conferência.

Escrito por Samir Mello
Samir Mello trabalhou como repórter no Correio Braziliense antes de se tornar editor de esportes no portal Metrópoles. Atuou como subcoordenador e coordenador do Quinto Quarto até julho de 2023.