Mercado NBA: Bulls fecham com jovem destaque por US$ 21 milhões

Pedro Rubens Santos | 22/07/2023 - 18:52

O Chicago Bulls acertou um contrato de três anos e US$ 21 milhões e segue se reforçando no mercado da NBA.

Desta vez, o reforço foi um velho conhecido da equipe: Ayo Dosunmu, ala-armador de 23 anos. Ele foi selecionado na segunda rodada do Draft de 2021 e se tornou um jogador importante na rotação do time nas últimas duas temporadas. A informação do acordo é da ESPN norte-americana.

VEJA TAMBÉM

+ Harden nos Clippers: novo favorito na NBA? Como jogaria o time de LA

+ Stephen Curry conta como LeBron James mudou sua vida para sempre

Livre no mercado, o jovem acertou seu retorno à franquia depois de atuar em 80 partidas em 2022-23, sendo 51 como titular. Na carreira, Dosunmu tem médias de 8,7 pontos, 2,9 assistências e 2,8 rebotes por jogo, com 50,6% de aproveitamento nos arremessos de quadra e 34,4% nas bolas de 3 pontos.

A grande contribuição do ala-armador vem mesmo na defesa. Segundo a ESPN, Dosunmu segurou oponentes a 44% nos arremessos quando era o defensor mais próximo, suficiente para colocá-lo no top 10 da NBA entre jogadores que defenderam no mínimo 700 chutes.

Ayo Dosunmu é realmente um reforço “caseiro”, já que nasceu em Chicago, no estado de Illinois, e estudou na universidade local, antes de assinar com o time de sua terra natal para defender na NBA.

Chicago Bulls no mercado da NBA

Além de Ayo Dosunmu, o Chicago Bulls acertou um outro retorno importante para a próxima temporada ao assinar com Coby White, que joga como armador ou ala-armador, por três anos e US$ 36 milhões.

Outro armador chegando aos Bulls é Jevon Carter, ex-Milwaukee Bucks. Ele também assinou contrato de três anos com a equipe de Chicago, no valor de US$ 19,5 milhões.

O ala Torrey Craig chegou do Phoenix Suns com vínculo válido por duas temporadas e custando US$ 5,37 milhões.

Ayo Dosunmu, Chicago Bulls, NBA. Foto: Reprodução/Twitter/@ChicagoBulls
Escolha de 2ª rodada no Draft de 2021, Ayo Dosunmu acertou sua permanência nos Bulls neste mercado da NBA. (Foto: Reprodução/Twitter/@ChicagoBulls)