NBA

Los Angeles Lakers 2019/2020: confira a trajetória até as Finais da NBA

anthony davis lebron james os angeles lakers 2019 20

O torcedor de uma das franquias mais valiosas e importantes dos esportes americanos passou por seu momento de maior dor nos últimos sete anos. Mas o Los Angeles Lakers 2019/20 quer curar tudo. Depois de ter seu maior jejum de playoffs na história – seis anos seguidos – a perda de Kobe Bryant e uma overdose de treinadores demitidos, jogadores que vem e vão e notícias ruins por temporadas seguidas, aqui estamos.

Confira a análise das finais da NBA de 2020!

Para te preparar para as grandes finais da NBA, nós do Quinto Quarto resolvemos relembrar rapidamente a campanha histórica na NBA do Los Angeles Lakers 2019/2020. Se vai terminar em título só saberemos na semana que vem.

Los Angeles Lakers 2019/2020 – Expectativa antes da temporada

A temporada anterior, a primeira de LeBron James no Los Angeles Lakers, foi decepcionante. O elenco jovem e Luke Walton não foram o suficiente para o camisa 23, que até conseguiu liderar um bom começo de temporada, mas lesões e uma Conferência Oeste brutal derrubaram a equipe.

Só que para esta temporada já sabíamos que não seria igual: Anthony Davis forçou sua saída de New Orleans no meio da temporada passada, mas a negociação só saiu na offseason. LeBron e Davis é um duo de respeito, só que o elenco complementar inspirava dúvidas. Frank Vogel foi contratado e também não fazia os olhos do torcedor brilhar após uma passagem sem muitos méritos pelo Orlando Magic.

Nas casas de apostas, os Lakers eram o segundo favorito para a conquista do título, atrás apenas dos Clippers. O número de vitórias projetado foi 50,5, que foi ultrapassado.

Temporada regular pré-pandemia

O primeiro jogo justamente colocou os dois rivais de Los Angeles frente a frente e os Clippers venceram por 112 a 102. Mas se o time de Doc Rivers, Kawhi Leonard e Paul George jogou a temporada com o freio de mão puxado, os Lakers decidiram levar mais a sério. A equipe emendou sete vitórias seguidas depois do jogo de estreia, perdeu para o Toronto Raptors e depois teve mais 10 triunfos consecutivos.

Vogel e sua comissão técnica foram testando formações e LeBron James tornou-se o armador da equipe, com mais de 10 assistências de média por partida, liderando a liga. Davis também correspondeu como pontuador, mas a defesa foi o ponto forte da equipe, sendo a quarta em pontos cedidos por jogo e terceira em rating defensivo.

Isso não impediu alguns momentos ruins, como uma sequência de quatro jogos com derrotas, o último deles de novo contra os Clippers. Mas o time foi encaixando e antes da pandemia acontecer teve vitórias imponentes seguidas contra seu rival de cidade e o Milwaukee Bucks.

Como chegou na bolha e resultados

A equipe parou tudo com 47 vitórias e 15 derrotas, liderando o Oeste com folga. Porém houve uma certa preocupação com a ausência de Avery Bradley, principal defensor de backcourt e a lesão no polegar de Rajon Rondo nos treinos da bolha. A equipe teve um bom momento no seu jogo de volta – adivinha contra quem foi (os Clippers) – mas jogou mal seguidamente, especialmente no ataque.

No fim, 4-4 no restante de temporada regular, poupando as estrelas e só esperando o rival.

Los Angeles Lakers 2019/2020 – Campanha nos playoffs

Por isso quando ficou definido que o Portland Trail Blazers, com Damian Lillard pegando fogo, seria o adversário na primeira fase, era normal ficar preocupado. Afinal, quem marcaria Dame? O primeiro jogo foi uma derrota, o que fez o sinal ficar ainda mais laranja. Mas quatro vitórias seguidas, dominando a fraca defesa dos Blazers, fez a confiança voltar.

O duelo nas semis contra o Houston Rockets prometia uma certa dificuldade, com o hiper small ball dos Rockets podendo complicar a permanência de bigs no jogo. Na primeira partida PJ Tucker teve excelente atuação contendo Davis. Mas novamente o time se adaptou e passeou no resto da série. Vale destacar que apesar de Davis e LeBron serem as claras estrelas, os coadjuvantes apareceram em momentos importantes: Rajon Rondo voltou na série contra Houston e foi excelente. Dwight Howard, Alex Caruso e Kyle Kuzma também tiveram seus momentos.

O que a NBA esperava era uma final de conferência entre Lakers e Clippers para desempatar o 2-2 da temporada regular. Kawhi contra LeBron, Davis contra George, a batalha de Los Angeles. Mas os Lakers viram de camarote os Clippers implodirem depois de estar vencendo por 3 a 1 os Nuggets. Descansados, LeBron e companhia pegaram Denver que tinha chegado de duas séries de sete jogos e venceram bem o Jogo 1. Mas o jogo 2 foi muito mais difícil e estava basicamente perdido. Até que…

 

A bola de Anthony Davis para vencer o Jogo 2 mudou uma série que até teve uma vitória no jogo 3 dos Nuggets e bons momentos de Denver, mas os Lakers souberam definir. A vitória no jogo 4 teve 60 pontos combinados da dupla mágica de Los Angeles e no Jogo 5 LeBron teve uma atuação magistral, com um triplo-duplo de 38 pontos, 16 rebotes e 10 assistências.

Quem desmereceu os Lakers em certos momentos – eu me coloco nessa – teve que engolir as palavras. O time chega inteiro nas finais da NBA 2020 contra o Miami Heat e com 12 vitórias e apenas três derrotas na pós-temporada.

Comments
To Top