NBA

Miami Heat 2019/2020: confira a trajetória até as Finais da NBA

Jimmy Butler, do Miami Heat

Se você me disser que previu que o Miami Heat estaria nas Finais da NBA nesta temporada 2019/20, me desculpe, mas eu aposto que você está mentindo. Não é por mal, mas nem Micky Arison apostaria em sua franquia na decisão já neste ano. O Miami Heat 2019/2020 não era um time com cara de decisão.

Acabou que o Miami Heat 2019/2020 chegou com pouca pompa, foi comendo pelas beiradas e cá estamos nós. Um time que terminou em quinto na Conferência Leste, com 44 vitórias e 29 derrotas, chegou à série que vale o Troféu Larry O’Brien.

Jimmy Butler, principal astro da equipe, discorda que o Heat seja ‘azarão’ na decisão. Afinal, esse time certamente foi um dos mais consistentes nos playoffs. Contudo, é normal que a gente siga considerando a organização da Flórida como underdog antes de uma decisão contra o Los Angeles Lakers, de LeBron James.

Confira a análise das finais da NBA de 2020!

Para iniciar uma celebração destas grandes Finais da NBA, nós do Quinto Quarto resolvemos relembrar rapidamente a campanha histórica na NBA do Miami Heat 2019/2020…

Miami Heat 2019/2020 – Expectativa antes da temporada

Muito baixa, certamente. Com um elenco interessante formado por nomes como Butler, Bam Adebayo, Goran Dragic e o surpreendente calouro Tyler Herro, que apareceu muito bem na pós-temporada, o Heat não era descartado para incomodar. Mas estar jogando na série mais importante da temporada era inimaginável.

Apenas para efeito de comparação, o time entrou na temporada com odds de 76 para ganhar o título, segundo as cotações das casas de apostas esportivas. Isso significa que, com 100 reais investidos nisso, o apostador poderia ter um retorno de 7.600 caso o Heat for campeão.

Dá uma bela dimensão do quão azarão o time era, não é mesmo? Por mais que Butler queira afastar esse papo, é incontestável.

Mas fato é que o time comandado pelo ótimo Erik Spoelstra encorpou. Deu caldo. Encaixou. OK, deu para entender bem…

Temporada regular pré-pandemia

Como todos sabem, a temporada 2019/20 da NBA foi extremamente atípica. Tivemos uma grande interrupção devido ao COVID-19. Assim, podemos basicamente dividir o campeonato em dois: pré-pandemia e durante a pandemia (na bolha localizada na Disney World).

Até março, quando a temporada foi paralisada, o Miami Heat somou 41 vitórias e 24 derrotas, ficando na quarta colocação do Leste.

A equipe teve um início de campeonato bom, com 24-9 entre outubro e dezembro. Os destaques nesse período foram as vitórias sobre Milwaukee Bucks (fora), sobre Houston Rockets (casa) e sobre Toronto Raptors e Dallas Mavericks (ambas fora de casa).

O time perdeu as duas partidas que fez contra o Los Angeles Lakers, adversário da final, também neste período.

A equipe caiu bastante de produção quanto o ano virou, tendo 17-15 de janeiro a março. Então, veio a paralisação.

Como chegou na bolha e resultados

Como já mencionamos, a equipe chegou na bolha com campanha de 41-24. E, nos jogos de chaveamento, as coisas não melhoraram muito. Nas oito partidas, foram três vitórias (Denver Nuggets, Boston Celtics e Indiana Pacers) e cinco derrotas (Raptors, Bucks, Phoenix Suns, Thunder e Pacers).

O aproveitamento do Heat foi de 60,3% na temporada regular, pior do que Rockets, Thunder e Utah Jazz, que ficaram em quarto, quinto e sexto na Conferência Oeste, respectivamente.

Porém, o time virou a chave completamente quando os playoffs chegaram. De modo absolutamente surpreendente.

Miami Heat 2019/2020 – Campanha nos playoffs

Entrando na pós-temporada sob descrédito, o Heat viu seus líderes chamarem a ‘responsa’. Jimmy Butler e Bam Adebayo foram os grandes nomes da série contra o Indiana Pacers, na primeira rodada do Leste. A franquia da Flórida varreu o adversário e, com o 4-0, seguiu às semifinais de conferência.

Contra o Milwaukee Bucks, nas semis do Leste, Miami seguiu com o pé no acelerador. O time abriu 1-0 com Jimmy Butler anotando 40 pontos na vitória por 115 a 104.

A equipe continuou dominando e fez 3 a 0, com mais um jogo brilhante de Butler (30 pontos, sete rebotes e seis assistências) na terceira partida, que terminou com placar de 115 a 100. Os Bucks ainda esboçaram uma reação com uma vitória apertada na prorrogação por 118 a 115, mas Miami fechou a série em 4-1 com um triunfo por 103 a 94. Double-double de Butler (17 pontos e 10 rebotes) e vaga na decisão do Leste.

As finais do Leste começaram como as séries anteriores: com vitórias do Heat. Foram duas sobre o Boston Celtics (117 a 114 e 106 a 101) para deixar a partida em 2-0. Goran Dragic foi o cestinha em ambas as partidas (29 e 25 pontos, respectivamente).

Os Celtics venceram a partida 3 por 117 a 106, mas o Heat voltou a aparecer no jogo 4, levando a melhor por 112 a 109. E o calouro Tyler Herro destruiu nessa partida, anotando 37 pontos (14-21 nos arremessos de quadra), além de seis rebotes e três assistências.

Boston ainda se manteve vivo com triunfo no jogo 5 por 121 a 108, mas o Miami Heat não estava a fim de passar aperto: 125 a 113 para fechar a série em 4-2, com direito a double-double de Bam Adebayo (32 pontos e 14 rebotes, além de cinco assistências).

Vaga nas finais da NBA e, independentemente do que acontecer, a temporada do Miami Heat 2019/2020 será lembrada por muitas gerações.

Comments
To Top