NBA: Damian Lillard de volta à Portland? ‘Estou animado’

Alice Tamashiro | 31/01/2024 - 14:15

Após ser negociado ao Milwaukee Bucks, Damian Lillard deve jogar sua primeira partida em Portland desde que saiu do Trail Blazers. O oito vezes All-Star disse que seu retorno vem com muito amor tanto para o time quanto para os torcedores.

A transferência aconteceu após Lillard anunciar que queria ir para um candidato ao título da NBA. Os Blazers, por sua vez, estavam focados no desenvolvimento de jovens talentos.

— Adorei a organização. Eu amava todos com quem ia trabalhar todos os dias. E acho que o que tornou tudo mais difícil é que não foi um relacionamento rompido. Então, voltando, podendo estar aqui, estou em uma ótima situação. A razão pela qual tudo aconteceu foi pela chance de ganhar tudo. Não poderíamos estar naquele lugar ao mesmo tempo. Então volto com amor e estou animada por estar de volta ao Moda Center. –, disse Lillard.

Lillard soma média de 25,1 pontos e 6,8 assistências na franquia de Milwaukee. Os Bucks chegam ao jogo desta quarta-feira (31) na vice-liderança da Conferência Leste com 32 vitórias e 15 derrotas.

— Estou animado por estar de volta ao Moda Center, joguei tantos jogos lá que reconheço os rostos dos torcedores da quadra. Então, vendo seus rostos e estando de volta ao prédio, de volta para casa, estou animado para jogar e vou jogar de graça. –, finalizou Lillard.

A trajetória de Damian Lillard no Portland Trail Blazers

Defendendo as cores do Portland Trail Blazers, o jogador apresentou média de 32,2 pontos na última temporada e média de pelo menos 24 em cada uma das oito temporadas anteriores. Tornando-se apenas o sétimo jogador na história da NBA a marcar mais de 70 pontos em um jogo quando terminou com 71 contra o Houston Rockets em fevereiro de 2023.

O técnico do Blazers, Chauncey Billups, admitiu que ter Lillard de volta com uma camisa diferente será um pouco estranho. Mas ele está feliz por seu amigo e entende a decisão de seguir em frente.

— Na situação em que estamos, você não quer vê-lo naquele tipo de situação onde estamos fazendo o que estamos fazendo e ele está lá fora, batendo e triturando e desmanchando e arranhando e ganhando 30 e 40 anos e mal conseguimos vencer esses jogos. Foi uma situação difícil para ele. Mas ele nunca reclamou disso. Ele é apenas um soldado. Ele veio trabalhar e fez o melhor que pôde todas as vezes. Eu respeito isso nele. –, disse Billups.

VEJA TAMBÉM:

+ NBA: Doc Rivers surpreende com resposta após assumir o Milwaukee Bucks

++ NBA: Draymond Green ‘faz as pazes' com vestiário e elogia Kuminga

Escrito por Alice Tamashiro
Alice chegou ao Quinto Quatro em 2021 e soma passagens por Futebol na Veia, Esportelândia e Rádio Outra Dimensão. Estudante de jornalismo no IESB e apaixonada pelo mundo esportivo desde 2008, seus esportes favoritos são o voleibol e o basquete.