NBA: Armador dos Mavs quer disputar os Jogos Olímpicos com os EUA

André Merice | 15/03/2024 - 15:35

Destaque do Dallas Mavericks nesta temporada regular da NBA, o armador Kyrie Irving está determinado a disputar os Jogos Olímpicos deste ano com os Estados Unidos. De acordo com Shams Charania, do The Athletic, Irving tem o ‘desejo’ de representar os EUA em Paris neste verão.

O elenco de 41 atletas, divulgado em janeiro, continha Irving, LeBron James, Stephen Curry, Kevin Durant, Anthony Davis, Tyrese Haliburton, Anthony Edwards e Jayson Tatum.

Embora Irving não tenha sido citado no grupo de jogadores recrutados por LeBron James, ex-companheiro no Cleveland Cavaliers, o armador demonstrou ‘sério interesse’ em se comprometer, de acordo com relatos anteriores de Charania.

– Me disseram que o Kyrie Irving deseja representar o seu país (Estados Unidos) os Jogos Olímpicos de Paris, neste verão. Ele quer fazer parte desta equipe – disse Charania.

Charania e Vardon ainda destacaram que o USA Basketball tinha como alvo James, Curry, Durant, Tatum, Devin Booker, Jrue Holiday e Joel Embiid como o ‘núcleo esperado’ para o quinteto das Olimpíadas, excluindo possíveis lesões.

O status de Embiid é uma preocupação devido a uma lesão no joelho que o afastou das quadras desde janeiro, mas espera-se que ele retorne antes do início dos playoffs da NBA.

Irving na NBA

Apesar de algumas ausências, em especial após a lesão no calcanhar e no polegar, Irving está próximo de atingir o limite de 60 jogos durante a temporada da NBA pelo segundo ano consecutivo, algo que não acontecia desde as temporadas 2017-18 e 2018-19, pelo Boston Celtics.

Irving, que já conquistou duas medalhas de ouro pela seleção norte-americana, tem um histórico de sucesso nos eventos internacionais. Ele foi titular em todos os oito jogos nas Olimpíadas de 2016, com média de 11.4 pontos e 4.9 assistências por jogo, sendo um dos destaques na competição.

Escrito por André Merice
No Quinto Quarto desde janeiro de 2021, André Merice cursa o 7º período de jornalismo na Universidade de Ribeirão Preto. Apesar de ser torcedor do São Paulo Futebol Clube, André se encontrou na área dos esportes americanos e hoje se tornou torcedor LeBron James e um admirador de Stephen Curry, o "Víbora".