Draymond Green menospreza vitória dos Grizzlies na NBA: ‘Somos os Warriors’

Paola Zanon | 16/01/2024 - 10:44

Mesmo em meio à má fase do Golden State Warriors, Draymond Green não deu muita importância para a derrota para o Memphis Grizzlies na noite de segunda-feira (15).

Enquanto a franquia de São Francisco entrou em quadra com Stephen Curry, Klay Thompson e Kevon Looney e ainda tinha Draymond Green no banco, os adversários estavam desfalcados por Ja Morant, Desmond Bane e Marcus Smart, que estão machucados.

Isso fez com que Taylor Jenkins recorresse a jogadores mais jovens e inexperientes mesmo diante dos Warriors. Ainda assim, perder para novatos não pareceu grande coisa para o defensor.

— Nós somos os Warriors, eu ficaria empolgado e acertaria tudo se eu fosse jogar contra Hall’s da Fama como Curry e Klay. Créditos ao GG [Jackson] e ao Vince Williams, eles viram a chance e responderam ao desafio. E isso vai acontecer—, declarou Green.

GG Jackson é o jogador mais jovem da NBA e anotou 23 pontos contra os Warriors, enquanto Vince, de 23 anos, foi o destaque da partida com 24 pontos, sete rebotes e quatro assistências.

— ‘Eu vou enfrentar Stephen Curry, é claro que vou arremessar!', esse é o pensamento deles, e caras que não acertam tanto, vão acertar contra nós. Quem na liga tem o currículo desses caras? Uns 15 ou 20? Então é claro que virão animados pra jogar contra nós. E não podemos pensar: ‘Ah esse daí não arremessa bem, podem deixar', contra a gente, eles vão arremessar bem—, completou o defensor.

Com o resultado, os Warriors permanecem em 12º lugar na tabela da Conferência Oeste em uma campanha negativa de 18 vitórias e 22 derrotas, fora da zona de play-in.

Draymond Green de volta

A derrota por 116 a 107 para os Grizzlies foi o primeiro jogo de Draymond Green desde que voltou da suspensão por ter agredido Jusuf Nurkic, do Phoenix Suns, em quadra.

O defensor já estava disponível para a partida contra o Milwaukee Bucks no último sábado (13), mas acabou não sendo relacionado pelo tempo que ficou sem treinar.

Em sua volta às quadras, Green saiu do banco e jogou durante 23 minutos, marcando sete pontos, sete rebotes e quatro assistências.

Escrito por Paola Zanon
Paola Zanon é jornalista formada pela Cásper Líbero, repórter e redatora com passagens pelo Notícias da TV, R7 e UOL Esporte. A carreira no jornalismo esportivo começou com a cobertura dos Jogos Pan-Americanos de 2019 pelo R7 até chegar ao Quinto Quarto em fevereiro de 2023. São-paulina de coração e apaixonada por basquete, futebol e viagens.